28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

'barril' do crime - 04/03/2024, 16:30 - Da Redação

Líder de guerra contra facções, Escobar possuía currículo ‘badalado’

Criminoso foi morto na manhã desta segunda-feira (4), em confronto com policiais civis

Vulgo 'Pablo Escobar', foi morto na manhã desta segunda-feira (4), em confronto com policiais civis
Vulgo 'Pablo Escobar', foi morto na manhã desta segunda-feira (4), em confronto com policiais civis |  Foto: Divulgação / Policia Civil | Reprodução

Altamente perigoso, o líder da facção conhecida como Katiara, que comandava a região da Valéria em Salvador, caiu perante a justiça em confronto contra policiais civis, na manhã desta segunda-feira (4). Pablo Ricardo de Assis Gomes Oliveira, vulgo "Pablo Escobar", era procurado por diversos b.o's em seu nome.

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Rodrigo Andrade, o 'desalmado' possuía um currículo badalado no mundo do crime. Envolvido com guerras entre facções, ele demonstrava ser impiedoso com os rivais e já estava sob investigação das autoridades há um bom tempo.

"Era uma liderança da Valéria que atuava na questão do tráfico de entorpecentes, cometimento de assaltos, homicídios também nessa guerra com outras facções, e que ele já tinha também envolvimento com diversos homicídios", afirmou.

Leia mais:

Chefão da Katiara, 'Escobar' era alvo de operação que matou PF

Cabeça cara, Pablo Escobar de Valéria morre em ofensiva contra facção

Cerco em Valéria já tem criminoso morto e fuzil apreendido; veja

Uma das cartas marcadas do baralho do crime da SSP, Escobar possuía dois mandados de prisão em aberto, por tráfico de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa. Além disso, o 'cabeça cara' era um dos principais alvos da Operação Fauda, que aconteceu em setembro de 2023 e culminou na morte do policial federal Lucas Monteiro Caribé.

exclamção leia também