31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

currículo pesado - 04/03/2024, 13:43 - Da Redação*- Atualizado em 04/03/2024, 15:28

Chefão da Katiara, 'Escobar' era alvo de operação que matou PF

Pablo Ricardo de Assis estava envolvido no tiroteio desenfreado que ocorreu entre policiais e facções rivais, em setembro de 2023

Policial federal Lucas Caribé morreu em setembro do ano passado, na Operação Fauda
Policial federal Lucas Caribé morreu em setembro do ano passado, na Operação Fauda |  Foto: Reprodução

Pablo Ricardo de Assis Gomes Oliveira, 'cabeça cara' da facção da Katiara, que atua no bairro de Valéria, teve os dias no mundo do crime ceifados durante combate com a Polícia Civil, na manhã desta segunda-feira (4). Ele não era um 'ás na manga', mas se tornou carta marcada do baralho do crime da SSP por envolvimento em diversas atrocidades.

Conhecido por tocar o terror em moradores do bairro, além de participar de homicídios e ser um dos chefões do tráfico de drogas da região, o 'sangue ruim' ainda era conhecido por ser um dos alvos da operação policial que culminou na morte do agente federal Lucas Monteiro Caribé, em setembro de 2023.

Leia mais:

Chefão do BDM e mentor da morte de policial federal vai de base

Cabeça cara, Pablo Escobar de Valéria morre em ofensiva contra facção

Cerco em Valéria já tem criminoso morto e fuzil apreendido; veja

TV, mesas, colchões e frigobar: polícia acha acampamento em Valéria

De acordo com o delegado da PF, Rodrigo Andrade, Escobar estava na mira das autoridades desde o ano passado, na realização da Operação Fauda, que aconteceu na Valéria e resultou em um tiroteio desenfreado entre policiais e facções rivais.

"Na época, na verdade, um dos alvos em que tentamos alcançar naquela ocasião era justamente o Pablo Escobar. Quando ocorreu o confronto, quando a equipe da Polícia Federal, do CORE e da Polícia Militar chegou no local, e que uma outra facção também estava tentando invadir justamente para tomar esse território de Pablo Escobar", revelou.

Outro envolvido na 'vala'

Na sexta-feira (1º), um outro meliante envolvido na chacina de Valéria, em setembro de 2023, foi morto em confronto com policiais civis do DHPP. Jailson Pinheiro Santos, 40 anos, conhecido como 'Jai Seco', foi um dos mentores do bonde de criminosos que meteu bala em policiais civis e federais na época.

*Com informações do repórter Leo Moreira

exclamção leia também