29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Tomou pipocos - 01/03/2024, 19:13 - Da Redação- Atualizado em 01/03/2024, 21:00

Chefão do BDM e mentor da morte de policial federal vai de base

Jailson Pinheiro Santos, o 'Jai Seco', era miseravão e bateu de frente com a Civil

Jai Seco era mentor de bonde que matou policial federal
Jai Seco era mentor de bonde que matou policial federal |  Foto: Reprodução/Informe Baiano

A vida criminosa de Jailson Pinheiro Santos, 40 anos, conhecido como 'Jai Seco', chegou ao fim nesta sexta-feira (1º), em Dias D'Ávila, na Região Metropolitana de Salvador.

O meliante, considerado um dos mais perigosos da Bahia, bateu de frente com policiais civis do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Coordenação de Operações e Recursos Especiais (CORE). Ele se deu mal ao abrir fogo contra as guarnições.

O Portal Massa! apurou que 'Jai Seco' liderava a facção Bonde do Maluco (BDM) em Periperi, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, e veio de Sergipe.

No momento do confronto, o bandido estava com um revólver calibre 38 e documentos falsos.

Mentor de bonde que matou Federal

A reportagem também apurou que 'Jai Seco' foi um dos mentores do bonde de criminosos que meteu bala em policiais civis e federais, em Valéria, em setembro do ano passado. Na ocasião, o federal Lucas Monteiro Caribé levou um tiro na cabeça e morreu. Dois civis também ficaram feridos.

O 'bicho solto' também respondia processos por homicídios, tráfico de drogas, organização criminosa, porte ilegal de arma e corrupção ativa. Ele também tinha três mandados de prisão em aberto.

exclamção leia também