30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

xiii - 03/04/2024, 17:35 - Clara Oliveira

Investigado por extorsão mediante sequestro é preso em Salvador

As vítimas eram obrigadas a realizarem transferências bancárias via PIX

Grupo criminoso tinha atuação em Villas do Atlântico
Grupo criminoso tinha atuação em Villas do Atlântico |  Foto: Foto ilustrativa: Ascom/PC

Um integrante de um grupo criminoso investigado por extorsão mediante sequestro foi preso nesta terça-feira (2), no bairro do Curuzu. O mandado de prisão foi cumprido por investigadores da 23ª Delegacia Territorial (DT) de Lauro de Freitas. Já foram identificadas dez vítimas do grupo, que tinha atuação em Villas do Atlântico.

A identificação das vítimas do grupo criminoso foi constatada após investigações realizadas pela unidade policial, com o apoio de equipes do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom/Sede).

“Os casos registrados na 23ª DT/Lauro de Freitas ocorreram entre os meses de janeiro e julho de 2023. As vítimas eram sequestradas e obrigadas a realizarem transferências bancárias via PIX”, esclareceu o delegado Arthur Gallas, diretor do Depom.

Leia Mais:

Vídeo: suposto lalau recebe pedrada, socos e chutes durante vingança

Novinho do CV é exterminado durante operação em Cosme de Farias
Pente fino: policiais apreendem 17 armas em menos de 24 horas na Bahia

Após o cumprimento da ordem judicial, expedida pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Lauro de Freitas, o criminoso foi submetido ao exame de lesão corporal e permanece à disposição da Justiça. Além disso, o homem também é investigado por delitos da mesma natureza praticados em Salvador e na Região Metropolitana.

De acordo com o titular da 23ª DT de Lauro de Freitas, a Polícia Civil irá solicitar a conversão da prisão temporária do autor confesso e de outros integrantes do grupo em prisão preventiva.

“Os dez inquéritos instaurados na unidade policial para investigar o crime de extorsão mediante sequestro foram concluídos e remetidos ao Judiciário”, informou o delegado.

exclamção leia também