29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

FIGURA REVELADA - 26/03/2024, 21:06 - Da Redação- Atualizado em 26/03/2024, 21:20

Homem morto por espancamento em Salvador tinha um passado barril

Um dos crimes cometidos pelo indivíduo deixou mortos no Complexo Lemos de Brito

Um dos crimes cometidos pelo indivíduo deixou mortos no Complexo Lemos de Brito
Um dos crimes cometidos pelo indivíduo deixou mortos no Complexo Lemos de Brito |  Foto: Montagem Portal MASSA!//Leitor Portal MASSA!

A morte de um homem em situação de rua, na madrugada do último sábado (23), no bairro Corredor da Vitória, em Salvador, levantou vários questionamentos. Com a repercussão do caso, quatro suspeitos foram presos. Mas, o que veio à tona dias depois, é o passado barril dobrado da vitima.

Identificado como Willys Santos da Conceição, o rapaz participou da rebelião do Complexo Penitenciário Lemos Brito, no bairro da Mata Escura, também na capital baiana, cometida em fevereiro de 2022.

Na ocasião, ao menos cinco pessoas morreram. Com o caso, o indivíduo, de 28 anos de idade, foi transferido para o município de Teixeira de Freitas (BA), mas retornou à penitenciária da capital baiana no mesmo ano.

Leia mais

Amigos x morador de rua: advogado detalha tentativa de assalto

Vídeo mostra suspeitos de morte de ‘morador de rua’ no crime

"São assassinos", dispara testemunha de homem morto na Vitória

Passagens

O filho de Rita de Cassia Santos deixou uma carga de crimes nas costas. Entre eles passagens por roubos e por tráfico de drogas. Conforme informações apuradas pelo Portal MASSA!, Willys já integrou a facção criminosa caveira. Ele residia no bairro de Fazenda Coutos.

Relembre o caso

Laércio Souza dos Santos, Lincoln Sena Pinheiro, Sérgio Ricardo Souza Menezes e Marcelo da Cunha Rodrigues Machado foram presos após o envolvimento na confusão na madrugada do dia 23.

Por volta das 4h19, o grupo se envolveu no suposto homicídio do morador em situação de rua. O caso aconteceu na Avenida Sete de Setembro, no Corredor da Vitória, perto do Museu Geológico, na cidade de Salvador.

As informações constam no relatório do Tribunal de Justiça do estado da Bahia, ao qual a reportagem teve acesso.

exclamção leia também