26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Sabe ou não sabe? - 25/04/2023, 17:45 - Santiago Oliveira

Servidora diz que Michelle Bolsonaro recebeu joias em mãos

A ex-primeira-dama é citada pela primeira vez como uma das pessoas que receberam em mãos um dos pacotes de joias

Michelle diz não ter conhecimento sobre as joias
Michelle diz não ter conhecimento sobre as joias |  Foto: Isac Nóbrega / PR

Em depoimento à Polícia Federal, uma funcionária que atuava no Gabinete Adjunto de Documentação Histórica (GADH) do Palácio do Planalto, relatou que o segundo conjunto de itens de luxo, com valor estimado de R$ 2,5 milhões, foi entregue em mãos para a mulher de Jair Bolsonaro. A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro foi citada pela primeira vez como uma das pessoas que receberam em mãos um dos pacotes de joias dados de presente pelo governo da Arábia Saudita. A informação que contradiz Michelle é do jornal O Estado de S. Paulo.

O estojo, com itens da marca Chopard, foi devolvido pela defesa do ex-presidente após determinação do Tribunal de Contas da União (TCU). Dentro do estojo haviam uma caneta, um anel, um relógio, um par de abotoaduras e um rosário árabe chamado “masbaha”. O destaque vai para o relógio, avaliado em aproximadamente R$ 800 mil.

Leia mais: "Tiro no pé dos bolsonaristas", prevê Boulos sobre CPMI dos golpistas

Confira: Flagra de relação sexual entre pastores motivou morte de Lucas Terra

Veja também: Dani Alves pede para responder processo em liberdade; Veja

O pacote entrou ilegalmente no país, sem ter sido declarado, na comitiva do então ministro de Minas e Energia (MME), Bento Albuquerque, após viagem ao país árabe, em outubro de 2021. Ele ficou guardada no cofre do Ministério de Minas e Energia por mais de um ano, até chegar ao acervo da Presidência da República. Segundo o depoimento da servidora do GADH, o pacote teria sido entregue à Michelle no dia 29 de novembro de 2022, no Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente. Ainda de acordo com a servidora, o ex-presidente Jair Bolsonaro também teria tido contato com as joias, sendo o responsável por conferir os itens do estojo.

O pacote de joias chegou a ser avaliado em R$ 1 milhão, mas de acordo com o Departamento de Documentação Histórica, a caixa foi registrada ao dar entrada no Palácio do Alvorada com o valor de R$ 2,5 milhões. Ao todo, Jair Bolsonaro recebeu três caixas de joias do governo da Arábia Saudita, que juntas podem ultrapassar o valor de R$ 19,5 milhões.

A peça de maior valor é um colar de diamantes, o item faz parte de um conjunto que tem ainda um par de brincos, um anel e um relógio, todos cravejados com brilhantes. As joias, avaliadas em 3 milhões de euros (R$ 16,5 milhões), foram também recebidas pelo então ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, em outubro de 2021.

exclamção leia também