27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Segurança pública - 08/09/2023, 18:52 - Cássio Moreira- Atualizado em 08/09/2023, 19:05

Povão desce a lenha em ACM Neto após palestrinha na net; veja

Ex-prefeito de Salvador tenta dar aula sobre segurança pública, mas leva bronca

Ex-prefeito de Salvador tentou surfar, mas não colou
Ex-prefeito de Salvador tentou surfar, mas não colou |  Foto: Divulgação/Fundação Índigo

Candidato derrotado ao governo da Bahia em 2022, o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil), tem tirado as últimas semanas para meter com força nos ataques ao governador Jerônimo Rodrigues (PT) na área da segurança pública. Um post recente no X (Twitter mesmo, pai), na quarta-feira (6), entretanto, foi alvo de duras críticas.

“União Brasil não pode ter dono”, dispara ex-prefeito ACM Neto

ACM Neto tem briga cabulosa com presida do partido, diz jornal

Netinho entrega tudo e diz ter sido 'sondado' para ser vice de Lula

Na publicação, Netinho afirma que Jero está "imóvel" e "em silêncio" diante do cenário de violência em Salvador. A linha feita pelo ex-prefeito foi usada como 'trampolim' para geral meter a 'zorra' nele mesmo.

"Para tapar o sol com a peneira, petistas dizem que a violência cresceu em todo o Brasil. É mentira. Goiás, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, São Paulo e Alagoas, só para citar alguns estados, conseguiram reduzir os índices de criminalidade com trabalho, planejamento e coragem", escreveu Neto em parte do post.

Um perfil rebateu lembrando da dobradinha entre Neto e Jair Bolsonaro (PL) em 2018. "Pura politicagem sua, que apoiou o desgoverno federal anterior, que distribuiu armas à população sem qualquer controle efetivo do Exército brasileiro, e perdeu a eleição pra governador da Bahia. Nossas forças de segurança merecem mais respeito e consideração", disparou a conta.

Um outro perfil afirmou, em tom de ironia, que Neto deveria pedir ao presidente Lula (PT) o cargo de ministro da Justiça, já que tem falado com frequência sobre o assunto. "Você devia pedir a Lula pra lhe nomear como ministro da Segurança Pública, já que virou um especialista no assunto! Só que já foi deputado federal 2 X ou mais, mas nunca vi falar num projeto seu nessa esfera!", meteu.

"Chegou nas suas áreas, agora a violência importa. Não importava em 90 e tampouco no início dos anos 2000. A violência precisa ser combatida. Agora, sem canalhice e mau caratismo. A educação municipal de Salvador é que lugar no Brasil?A educação melhoraria e muito... e você?", detonou um outro perfil.

"Escreveu o especialista. Se poupe para nos poupar, negão!", largou uma outra conta. "O discurso seria ótimo e coerente, se não partisse de você. Melhor prefeito do Brasi!l", respondeu um um outro seguidor em tom de sarcasmo.

Durante a campanha para o governo da Bahia em 2022, Neto usou a segurança pública como um dos seus principais pontos. Uma das ideias defendidas pelo então candidato era abortar a adoção das câmeras nos uniformes da Polícia Militar, ainda não colocada em prática pelo governo atual, mas com previsão para entrar em vigor nos próximos meses.

Jerônimo descarta intervenção

Uma das soluções cobradas por opositores do governador Jerônimo Rodrigues (PT) é a intervenção federal na segurança pública. Questionado novamente sobre o tema na quinta-feira (7), pouco antes do desfile da Independência, em Salvador, Jero voltou a descartar a possibilidade e reforçou que a responsa ficará na mão do Estado.

exclamção leia também