29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

delicado - 22/11/2023, 18:21 - Clara Oliveira

"Tirou a vida por causa do marido", dispara Virna sobre Walewska

Ex-jogadora de vôlei expôs casamento conturbado da amiga com Ricardo Mendes

Walewska foi encontrada morta no dia 21 de  setembro
Walewska foi encontrada morta no dia 21 de setembro |  Foto: Reprodução/Instagram

A ex-jogadora de vôlei, Virna Dias, amiga de Walewska Oliveira, encontrada morta no dia 21 de setembro, revelou a existência de cartas de despedida escritas pela campeã olímpica para amigos íntimos e familiares, nesta quarta-feira (22). De acordo com ela, a também ex-atleta estava em um casamento conturbado com Ricardo Mendes.

Virna detalhou ainda para quem foram as cartas deixadas por Walewska. "Ainda as pessoas não sabem, mas ela deixou quatro cartas: uma para o pai e para a mãe, uma para o irmão, para o melhor amigo dela, o Gustavo, e uma carta para gente [vôlei feminino]. Foi muito duro. É triste, a Wal tirou a vida por causa do marido", disparou.

A amiga de Wal expôs que seu marido tinha um filho de uma relação extraconjugal. "A partir do momento que o marido pediu a separação para ela, descobriu-se que ele tinha um filho fora do casamento e ela pirou, porque ela estava esperando ser mãe há muito tempo, isso acho que doeu muito para ela", afirmou Virna em entrevista ao site Sportbuzz.

Leia Também:

Marido não reconheceu corpo de Walewska e nem foi ao sepultamento

Walewska teria caído do 17º andar de prédio e deixado carta
Marido de Walewska diz que cunhado o culpa e fala sobre carta deixada


“É até bom a gente falar esse assunto, porque é um assunto muito sério, muito delicado, as pessoas vivem relações abusivas hoje. A gente tem visto algumas celebridades passando por alguns momentos difíceis e as pessoas precisam pedir ajudar”, contou.

Além disso, Virna ressaltou a importância do pedido de ajuda em momentos difíceis. “Uma menina linda, maravilhosa, que partiu precocemente. Até me emociono [quando falo dela]. As pessoas precisam aprender a pedir ajuda. Eu acho que o esporte deu tanta resiliência, tanta resistência, que ela não conseguiu pedir ajuda, porque achava que iria superar", finalizou.

exclamção leia também