28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Copa do Mundo - 15/08/2023, 12:10 - Santiago Oliveira

Pós-Copa, Rodrygo comenta sentimento e promete: "Uma eu vou ganhar"

Campeão de tudo com o Real Madrid, o jovem brasileiro detalhou situações de dentro e fora do campo

Rodrygo promete ganhar ao menos uma Copa
Rodrygo promete ganhar ao menos uma Copa |  Foto: Marcos Ribolli / GE

O atacante brasileiro Rodrygo, de 22 anos, em entrevista para o ge, comentou o sentimento pós-pênalti contra a Croácia, na Copa do Mundo. Além disso, o craque falou da sua relação com as celebridades e da responsabilidade que carrega desde criança com o futebol.

Leia mais: Perto de ter Ney, confira declaração de JJ sobre o brasileiro

Confira: Suspenso, jogo de Bia Haddad em Cincinatti será retomado nesta tarde

Veja também: Com emoção! Espanha bate a Suécia e vai a final da Copa do Mundo

O atleta atribuiu o momento no mundial como o mais triste da sua carreira. "Da carreira, sim. Era o sonho de todo mundo ganhar a Copa do Mundo. Sei que tenho muitas Copas para disputar, mas ali era o nosso sonho e da maneira que foi, como tomamos o empate e depois os pênaltis. Foi com certeza o momento mais doloroso da carreira. Sempre vou seguir adiante, independentemente das dificuldades que aparecerem. É normal", explicou o camisa 11 do Real Madrid, que continuou em seguida.

"Todos os grandes têm um fracasso na carreira, mas, como o Antetokounmpo falou, não vejo como um fracasso e, sim, um passo a mais. Todo mundo tem que passar por esse processo. Nada é fácil na vida e ninguém tem a história perfeita. Levei dessa forma. Claro que no dia você fica com aquela tristeza, aquela angústia, mas sempre estive rodeado de pessoas boas, que me passaram coisas boas e eu fui entendendo. Hoje, tenho na cabeça que eu vou voltar e uma (copa) eu vou ganhar pelo menos".

O astro da Seleção Brasileira contou experiências vividas com o futebol desde a infância e como elas fizeram ele se acostumar com as restrições, que são normais na vida de um atleta profissional.

"É a parte que a gente mais sente falta, né? De não poder viver o dia a dia normal, sair de chinelo na rua e andar com os parceiros. Desde pequeno, sempre apostaram e acreditaram em mim, sempre fui bem falado e sabia da responsabilidade. Estava na escola, tinha um passeio que todo mundo estava animado, e eu não podia ir por ter que treinar. Muito novo já fui abrindo mão e me acostumando. Agora, quando tenho que passar por isso, estou acostumado", pontuou.

O jovem ainda citou sua relação com outras celebridades, principalmente da música. "Temos bastante amizade com os cantores. Ficamos o dia inteiro escutando, e eles ficam felizes. Sempre mando vídeos para eles e falo: "Olha o que estou escutando". Vai criando um vínculo, vamos nos conhecendo. Quando estou de férias, gosto muito de ir a show de trap, e vai criando amizades", sinalizou Rodrygo.

exclamção leia também