28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

ATITUDE INTOLERÁVEL - 17/11/2023, 17:59 - Da Redação

Atacante da Seleção Brasileira é alvo de intolerância religiosa

Destaque do Atlético Mineiro, o atacante atuou no segundo tempo da derrota para a Colômbia

Destaque do Atlético Mineiro, o atacante atuou no segundo tempo da derrota para a Colômbia
Destaque do Atlético Mineiro, o atacante atuou no segundo tempo da derrota para a Colômbia |  Foto: Joilson Marconne/CBF

O atacante Paulinho, da Seleção Brasileira e do Atlético Mineiro, entrou em campo por alguns minutos na derrota de virada para a Colômbia. Após a partida, o ponta de lança virou novamente alvo de intolerância religiosa. Artilheiro do Galo e do Campeonato Brasileiro, o atleta é seguidor do candomblé e conhecedor da Umbanda.

Devido a ser adepto das religiões de matrizes africanas, Paulinho entrou no radar de preconceituosos na rede social X (antigo Twitter). “Pede gol pro exu agora (risos)”, dispara um homem. “Viraram pq botaram o macumbeiro pra jogar”, decreta outro.

Outro possível torcedor do Brasil xinga verbalmente o jogador: “Chuuuuupa Exu, seu merda. Aqui é Cristo, porra!”, ressalta.

Pegue a visão:

Destaque do Atlético Mineiro, o atacante atuou no segundo tempo da derrota para a Colômbia
Destaque do Atlético Mineiro, o atacante atuou no segundo tempo da derrota para a Colômbia | Foto: Reprodução/Redes sociais
Outro possível torcedor do Brasil xinga verbalmente o jogador: “Chuuuuupa Exu, seu merda. Aqui é Cristo, porra!”
Outro possível torcedor do Brasil xinga verbalmente o jogador: “Chuuuuupa Exu, seu merda. Aqui é Cristo, porra!” | Foto: Outro possível torcedor do Brasil xinga verbalmente o jogador: “Chuuuuupa Exu, seu merda. Aqui é Cristo, porra!”

Vale lembrar que, ao tomar conhecimento da notícia da convocação, ele publicou uma foto agradecendo a Exú (orixá do candomblé).

Leia mais

Após revés do Brasil, 'quebra pau' toma conta da sala de imprensa

Diniz reconhece mau momento da Seleção, mas enxerga evolução

Dinizismo e Brasil caem para Colômbia, em redenção de Luis Díaz

Aos 23 anos de idade, o atacante soma 28 gols e sete assistências em 57 duelos pelo Atlético. Revelado pelo Vasco da Gama, ele soma passagens também por Bayer Leverkusen, da Alemanha.

exclamção leia também