22º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Viiixeee! - 11/08/2023, 09:39 - Vinicius Viana - Atualizado em 11/08/2023, 10:10

Tassia afirma que Mário procurou 'Senhor das armas' para intimidá-la

Instrutor de tiro afirma que não vendeu arma após ex-dançarina revelar que estava sendo ameaçada pelo cantor

Tassia diz que foi vítima de violência doméstica
Tassia diz que foi vítima de violência doméstica |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

A influenciadora baiana e ex-dançarina Tassia Brasil deixou os internautas chocados ao contar que seu ex-companheiro, o cantor Mário Brasil, tentou comprar uma arma de fogo para intimidá-la. A revelação veio à tona após a criadora de conteúdo dizer que foi vítima de violência doméstica durante o período em que era esposa do vocalista da banda de pagode "O Troco".

"Ele tentou comprar uma arma de fogo para usar contra mim", declarou Tassia Brasil, detalhando que Mário Brasil entrou em contato com o influencer e instrutor de tiro Jean Hélio para conseguir o revólver.

Instrutor confirma revelação

"Senhor das Armas" diz que Mário Brasil tentou comprar arma
"Senhor das Armas" diz que Mário Brasil tentou comprar arma | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Jean Hélio, mais conhecido como "Senhor das armas", publicou uma série de vídeos nos stories do seu perfil no Instagram, confirmando que Mário Brasil tentou comprar uma arma de fogo em sua mão.

"Realmente, o que Tássia Brasil está informando é verdade. Há um tempo atrás, quando eles estavam juntos, Mário me ligou querendo comprar uma arma de fogo, que estava precisando com brevidade, dizendo que tinham acontecido coisas", iniciou o instrutor.

Veja também:

"Vou lutar até sangrar", diz Mário Brasil sobre contato com os filhos

Tassia admite traição, mas destaca violência de Mário: "Vítima sou eu"

Em seguida, Jean Hélio informou que a ex-dançarina entro em contato relatando que sofria violência doméstica e que havia sido ameaçada de morte por Mário.

"Tassia me ligou: 'Jean, queria pedir a você que não vendesse arma para Mário, porque ele me agride e quer usar contra mim. Inclusive, ele disse que iria comprar a arma para me matar'. Na época, eu não vendi a arma para ele", finalizou o instrutor de tiros.

exclamção leia também