31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

laranjada! - 01/09/2023, 14:26 - Da Redação

Advogado da família de Bernadete afirma ser alvo de novas perseguições

Segundo o representante, dois carros "suspeitos" foram vistos parados em frente à sua residência

Veículos suspeitos foram vistos na porta da casa de David Mendez
Veículos suspeitos foram vistos na porta da casa de David Mendez |  Foto: Walisson Braga / Conaq | Cidadão Repórter

O advogado que representa a família da líder quilombola, Maria Bernadete Pacífico, a Mãe Bernadete, executada com 22 tiros, no Quilombo Pitanga dos Palmares, em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador, relatou que está sendo alvo de um novo episódio de perseguição, identificado na madrugada desta sexta-feira (1º).

Em contato com o grupoA TARDE, David Mendez, disse que notou a presença de dois veículos "suspeitos" na porta de sua casa, em Salvador, na madrugada desta sexta-feira (1). Os carros, sendo uma Sprinter da Mercedes-benz e um outro veículo, ambos de cor branca e com vidros completamente fumê, estavam parados na frente de sua residência. O caso foi registrado por volta das 00h40. Segundo uma fonte, a placa da van estava com registro de outro veículo.

"Meu irmão acaba de tirar essas fotos escondido. Estou na casa de Jurandir, filho de Mãe Bernadete. Estava prestes a ir pra minha casa, quando meu sobrinho me mandou essas fotos. Minha família está desesperada. Estou com os policiais que fazem a escolta de Jurandir Wellington (filho de Mãe Bernadete)", disse.

Leia mais

Caso Maria Bernadete: Homicidas de quilombola estão na mira

"O estado não conseguiu protegê-la", afirma filho de Mãe Bernadete

Programa de proteção será revisado após assassinato de Mãe Bernadete

Mãe Bernadete era ameaçada e estava em programa de proteção

Segundo o advogado, ele teve que entrar escondido, pulando o muro, para não ser notado. "Não tive tempo de registrar B.O., ainda, porém há o registro das três ligações feitas para o 190, mas ninguém veio. Sincera e honestamente eu não sei o que pensar, fazer nesse momento. Não tenho condições físicas nem psicológicas para avaliar o melhor caminho a se seguir. Vou me reunir com o pessoal do escritório e do Instituto Malê, pra poder tomar qualquer tipo de decisão".

Na terça-feira (29), ele já havia dito que solicitou ser incluído no programa de proteção em que Mãe Benadete estava inserido. Na próxima segunda (4), ele e a família de Mãe Bernadete deve se reunir com o secretário De Justiça, Direitos Humanos E Desenvolvimento Social, Felipe Freitas.

OA TARDE entro em contato com a Polícia Militar para saber sobre o caso, mas ainda não obtivemos resposta.

exclamção leia também