31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

O pau quebrou! - 25/11/2023, 08:27 - Dara Medeiros

Vídeo: além de pular a cerca, genro do beijo grego tem passado sombrio

Escândalo com o sogro trouxe ficha de Juninho Virgílio à tona

Juninho Virgílio foi preso em 2019
Juninho Virgílio foi preso em 2019 |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Quem olha para o protagonista da pulada de cerca mais comentada do momento, nem imagina que o jovem Juninho Virgílio carrega um passado sombrio. Com uma ficha criminal nas costas, o genro do beijo grego já foi preso por tráfico de drogas e também foi acusado de espancar Camila Oliveira, a moça traída por ele com o próprio pai, ao ponto dela perder um bebê. À época, a família da jovem chegou a protestar pela prisão dele, mas Camila foi contra a denúncia.

Assista ao vídeo do protesto:

A única vez que Juninho, que tem como nome de batismo João Alecio Virgílio Junior, conheceu a 'Tia Dete' foi em 28 de abril de 2019. Segundo o Tribunal de Justiça do estado de São Paulo, ele foi flagrado ao lado de um 'parça' com 26 porções de cocaína em uma moita e outras 26 porções distribuídas em um maço de cigarros.

Leia também:

Casos de família: vídeo de sogro e genro no motel vazam na web

Crime de 'pornô de vingança': vídeo de sogro e genro pode dar cadeia

Exposed: sogro que pegava genro confirma as traições e mostra vídeos

Apesar do flagrante e do pedido do Ministério Público para a prisão preventiva dele, o genro do beijo grego ganhou liberdade provisória do juiz por ser réu primário e não ter antecedentes criminais.

Relembre o caso

Um escândalo tomou conta da internet após Camila Oliveira se revoltar e expor a traição do próprio marido com o pai dela. Com direito a vídeos e prints de conversa, a mulher provou que estava sendo apunhalada pelas costas por quem ela mais confiava.

Desde que a pulada de cerca veio à tona e os crimes foram descobertos, Edielson Oliveira chegou a ser espancado pela população após tocar fogo no carro que havia dado a Juninho.

exclamção leia também