31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

FIM DA LINHA - 04/04/2024, 14:16 - Pedro Moraes- Atualizado em 04/04/2024, 15:50

Urgente: foragidos de Mossoró são recapturados após quase dois meses

Operação conjunta contou com departamentos com PF e Força Nacional

Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento têm 35 e 33 anos respectivamente.
Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento têm 35 e 33 anos respectivamente. |  Foto: Montagem Portal MASSA!/pF/Divulgação

Os dois afrontosos que fugiram da Penitenciária Federal da cidade de Mossoró, no estado do Rio Grande do Norte, foram recapturados nesta quinta-feira (4). A informação foi divulgada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento têm 35 e 33 anos respectivamente. O período de trabalho das forças de segurança foi de mais de 49 dias até a recaptura.

A dupla fugiu da cadeia no último dia 14 de fevereiro. Os agentes federais encontraram os dois no município de Marabá, no sudeste do estado do Pará.

Eles estavam na unidade prisional desde setembro do ano passado, segundo informações divulgadas pela TV Globo e confirmadas pelo Portal MASSA!.

"A Polícia Rodoviária Federal comunica que as informações relativas à captura de dois fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró (RN) serão repassadas em breve, após reunião de todas as circunstâncias que levaram ao fato ocorrido hoje, em Marabá (PA), numa ação conjunta com a Polícia Federal", detalhou a PRF, por meio de nota em contato com a reportagem.


Leia mais

Após 45 dias de caça a fugitivos, Força Nacional deixa Mossoró

Mossoró: Governo gastou mais de 1 milhão com Força Nacional em caça

Doguinhos de Mossoró dão pista sobre dupla de fugitivos; entenda


Comando Vermelho

Rogério e Deibson eram componentes do alto escalão da facção criminosa Comando Vermelho (CV), o que dificultou a recaptura por parte da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PF) - mesmo com uma forte linha de frente da segurança pública - que envolveu ainda a Força Nacional.

Fuga

Para meter o pé na penitenciária, os dois abriram passagem por um buraco atrás de uma luminária do presídio. Posteriormente, eles cortaram duas cercas de arame com a utilização de ferramentas de uma obra que ocorria no local.

Essa foi a primeira fuga registrada na história do sistema penitenciário federal. Outras unidades como Brasília (DF), Catanduvas (PR), Campo Grande (MS) e Porto Velho (RO) integram o mesmo sistema.

exclamção leia também