29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Partiu a mil - 29/03/2024, 09:22 - Da Redação- Atualizado em 29/03/2024, 09:41

Após 45 dias de caça a fugitivos, Força Nacional deixa Mossoró

Valor total pago em diárias aos agentes supera R$ 1,2 milhão

FNSP chegou ao Rio Grande do Norte em 23 de fevereiro
FNSP chegou ao Rio Grande do Norte em 23 de fevereiro |  Foto: Divulgação

Após 40 dias de buscas incessantes, a Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) inicia sua desmobilização em Mossoró (RN), nesta sexta-feira (29). A equipe especializada foi acionada para auxiliar na captura dos dois detentos que escaparam do presídio federal de segurança máxima da cidade, em 14 de fevereiro, um evento inédito na história do sistema penitenciário federal brasileiro, criado em 2006.

A FNSP chegou ao Rio Grande do Norte em 23 de fevereiro, com a expectativa inicial de um trabalho de 30 dias. Diante da complexa operação e da necessidade de ampliar as buscas, o prazo foi estendido por mais 10 dias pelo Ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski.

No entanto, após uma análise criteriosa da situação, o Ministro decidiu não prorrogar o período de atuação da Força Nacional.

Ao longo de 40 dias, os 111 agentes da FNSP trabalharam incansavelmente, realizando varreduras em matas e fiscalizações rigorosas nas rodovias. O objetivo principal era impedir que os foragidos, Deibson Nascimento e Rogério Mendonça, escapassem do cerco e deixassem o estado do Rio Grande do Norte. A operação contou com o apoio de 22 viaturas e um ônibus.

O valor total pago em diárias aos agentes da Força Nacional, durante os 40 dias de operação, supera R$ 1,2 milhão, com um custo diário de R$ 37,2 mil.

A Polícia Federal, em conjunto com as demais forças de segurança, dará seguimento às buscas.

exclamção leia também