28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

VERSÃO DA BRUTALIDADE - 16/08/2023, 17:25 - Da Redação

Parentes de mulher morta em Tancredo Neves acreditam em engano

O corpo da mãe, que havia deixado os filhos na escola, foi sepultado um dia após o crime

O corpo da mãe, que havia deixado os filhos na escola, foi sepultado um dia após o crime
O corpo da mãe, que havia deixado os filhos na escola, foi sepultado um dia após o crime |  Foto: Reprodução/Redes Sociais//Reprodução/Google Street View

Morta após deixar os filhos na escola, no bairro de Tancredo Neves, situado na cidade de Salvador, Paloma Assis São Pedro não era o alvo dos suspeitos e morreu supostamente por engano. Aos 30 anos de idade, a vítima foi sepultada nesta quarta-feira (16), um dia após morrer por tiros de arma de fogo, no Cemitério Bosque da Paz.

"Minha filha era direita, pô! Entendeu? Mãe de dois filhos, cuidava dos filhos, né? Foi levar os filhos ao colégio, e infelizmente, aconteceu isso aí", lamentou o pai da vítima, que teve a identidade preservada, em entrevista à TV Bahia.

No mesmo dia do sepultamento do corpo da vítima, a ‘cria’ mais nova dela completou 5 anos de idade. Informações divulgadas pela Polícia Civil apontam que Paloma, também mãe de outra criança, de 9 anos, e esposa de um marinheiro, foi executada na rua Direta do bairro, após ser abordada por três homens, que estavam em um carro.

Leia Mais

PM ‘bota pra descer’ em barricada instalada em Tancredo Neves

Mãe deixa ‘crias’ na escola e recebe rajada de tiros em Salvador

Delegado abre o jogo sobre ciganos mortos em Feira de Santana

Ainda conforme a corporação, dois dos suspeitos desceram do veículo e atiraram na vítima, fugindo em seguida. Antes de morrer, Paloma chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Até o momento, nenhum suspeito foi preso. Mesmo socorrida, Paloma não resistiu aos ferimentos.

exclamção leia também