26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

grave! - 06/03/2024, 14:40 - Bruno Dias e Cássio Moreira

"Impacto muito grande", expressa delegada da PC sobre feminicídio

Casos de crime violento contra a mulher reduziram 23,1% em relação ao ano passado

Delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito
Delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito |  Foto: Rafaela Araújo / Ag. A TARDE

Assim como em outras ocorrências registradas no ano anterior, os casos de feminicídio também foram reduzidos nos primeiros meses de 2024. Porém, mesmo com as diminuições, a delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito, expressou que o sentimento não mudou.

A comissária esteve presente na coletiva de imprensa sobre o Balanço do Bimestre de 2024, nesta quarta-feira (6), no Centro de Operações e Inteligência (COI), localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), e debateu sobre os dados apresentados.

"Nós tivemos uma redução sim com relação ao ano passado, tivemos a redução nesses dois primeiros meses e porque essa sensação de que os crimes continuam acontecendo? Porque eles causam um impacto muito grande, o feminicídio, ao contrário até de um homicídio simples, ele tem uma repercussão na família, ele tem uma repercussão nos amigos e isso impacta porque a mulher, ela normalmente é morta pela pessoa que ela ama, no ambiente onde ela se sente segura, muitas vezes na frente dos seus familiares, então toda essa comoção que gera o crime", detalhou.

Leia mais:

SSP passa o rodo nas facções e tira 18 chefões de circulação

La Casa de Papel Bahia? Ladrões de banco ardilosos caíram na cadeia

Comandante da PM pede ajuda do 'povão' em denúncias de crimes

Casos de crime violento contra a mulher reduziram de 13, nos primeiros meses de 2023, para 10 neste começo de ano.
Casos de crime violento contra a mulher reduziram de 13, nos primeiros meses de 2023, para 10 neste começo de ano. | Foto: Cássio Moreria / Portal Massa!

Segundo as estatísticas divulgadas pela SSP no evento desta manhã, os casos de crime violento contra a mulher diminuíram de 13 nos primeiros meses de 2023 para 10 neste início de ano, representando uma redução de 26,1%. Diante disso, Heloísa afirmou que autoridades estão empenhadas em trabalhar para zerar tais ocorrências.

"A gente precisa trabalhar firme para ter uma redução substancial, e aí não é só na Bahia, é no Brasil, porque o nosso objetivo é que esse crime não aconteça em razão do gênero, por ser uma mulher, e que ele não aconteça mais. Mas isso é de um processo de conscientização e muito da efetividade das nossas ações", destacou a delegada-geral.

exclamção leia também