29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Ato público - 17/04/2023, 15:31 - Da Redação

Entidades da Segurança Pública baiana vão realizar manifestação

Servidores irão reivindicar reajuste salarial, valorização dos serviços prestados à sociedade e outros pontos

De acordo com o Ipec, 38% dos baianos apontam a Segurança pública como principal problema a ser enfrentado no Estado
De acordo com o Ipec, 38% dos baianos apontam a Segurança pública como principal problema a ser enfrentado no Estado |  Foto: Ascom-PC / Haeckel Dias

Policiais civis, policiais penais, policiais militares, delegados, bombeiros, e peritos técnicos realizarão ato público, em frente à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), na manhã da próxima terça-feira (18), a partir das 10h. Com carro de som e faixas, os servidores da Segurança Pública irão reivindicar reajuste salarial, valorização dos serviços prestados à sociedade, e a criação de uma "mesa setorial" destinada a dialogar e negociar com o Estado pleitos específicos relacionados à Segurança Pública da Bahia. Ao longo dos últimos 16 anos, as categorias acumulam perdas salarias de cerca de 50% .

Leia mais: Lalaus passam o rodo em doceria e roubam clientes em bairro nobre

Veja também: Produtor acusado de suposto "estelionato" abre o 'beabá' contra Índia

De acordo com pesquisa do Ipec de 2023, 38% dos baianos apontam a Segurança pública como principal problema a ser enfrentado no Estado. Segundo levantamento do Monitor da Violência, em 2022, a Bahia foi o estado que mais registrou mortes violentas em todo o Brasil, pelo 4° ano seguido. "Nos últimos 4 anos, a Bahia tem apresentado números cada vez mais alarmantes na Segurança Pública em nosso Estado e os operadores da Segurança precisam de melhores condições de trabalho para superar tamanhos desafios. Esses números, entre outras razões, decorrem das condições precárias de trabalho, da ausência de uma política que vise valorizar os profissionais que estão com uma deterioração salarial nos últimos 12 anos", afirma a União dos Profissionais da Segurança Pública (Uniproseg), entidade criada para representar todas as categorias dos servidores da Segurança Pública baiana e responsável pela realização do ato político.

A Uniproseg representa o Sindicato dos Delegados de Polícia (Adpeb), Sindicato dos Policiais Civis (Sindpoc), Sindicato dos Policiais Penais (Sinspeb), Sindicato dos Peritos Médicos e Odontos Legais da Bahia (Sindmoba), Sindicato dos Escrivães de Polícia (Aepeb-Sindicato), Sindicato dos Peritos Criminais (Asbac), Força Invicta, Associação de Praças da Polícia e Bombeiro Militar (APPMA), Associação dos Investigadores de Polícia (Assipoc), Sindicato dos Peritos Papiloscopistas (Sindpep), Associação Baiana de Peritos (Abape), Associação Beneficente dos Sargentos, Subtenentes, e Oficiais da Polícia Militar da Bahia ( ABSSO) e a Associação Baiana de Peritos (Abape).

"Nascemos da união de diversas entidades que representam os profissionais que atuam na área de Segurança Pública, como policiais militares, civis, peritos, bombeiros, policiais penais e demais servidores estatutários que se dedicam à proteção da vida, da paz social e do patrimônio dos baianos. Hoje representamos um quantitativo de mais de 115 mil servidores públicos", destaca a União dos Servidores da Segurança Pública em nota enviada à imprensa.

exclamção leia também