28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

SAIBA MAIS - 21/11/2023, 18:54 - Pedro Moraes

Empresário e irmão de político: quem era o baiano morto na Papuda

Empresário morreu durante banho de sol em uma penitenciária

Empresário morreu durante banho de sol em uma penitenciária
Empresário morreu durante banho de sol em uma penitenciária |  Foto: Montagem Portal MASSA!//Reprodução/Redes Sociais///Despacho Vara de Execuções Penais

Cleriston Pereira da Cunha, 46 anos de idade, baiano e irmão do vereador Cristiano Pereira da Cunha, conhecido em Feira da Mata como Cristiano do Ramalho. O homem morreu após um mal súbito em banho de sol, na Penitenciária da Papuda, em Brasília. Ele era conhecido por amigos e parentes como Clezão do Ramalho.

O empresário estava preso por envolvimento nos atos golpistas de 8 de janeiro. Cleriston residia no Distrito Federal há cerca de 20 anos. O detento invadiu o Supremo Tribunal Federal (STF), o Palácio do Planalto e o Congresso Nacional, em invasão organizada por apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), após a derrota para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Leia mais

Assista: valentão não aguenta advertência e agride porteiro na Bahia

Afrontosos esquematizam assalto no Horto Florestal, mas perdem para PM

Lalaus fazem sacode dentro de unidade de saúde em Paripe


Ele ainda respondia pelos crimes de associação criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado e deterioração do patrimônio tombado. Contudo, apesar de ser réu no tribunal, não havia sido julgado até a morte.

exclamção leia também