27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

MOBILIZAÇÃO TOTAL - 15/09/2023, 18:24 - Da Redação- Atualizado em 15/09/2023, 18:51

Despedida de policial morto por facção é marcada por forte comoção

Velório e cerimônia de cremação ocorreram horas depois da tragédia em Valéria

Velório e cerimônia de cremação ocorreram horas depois da tragédia em Valéria
Velório e cerimônia de cremação ocorreram horas depois da tragédia em Valéria |  Foto: Denisse Salazar / Ag. A TARDE

O cenário de comoção e tristeza tomou conta do cemitério Bosque da Paz, localizado no bairro de Nova Brasília, em Salvador, na tarde desta sexta-feira (15). Isso porque, na localidade, ocorreu o velório e a cerimônia de cremação do policial federal, identificado como Lucas Caribé Monteiro de Almeida, morto em operação no bairro de Valéria.

Muitos policiais marcaram presença no velório
Muitos policiais marcaram presença no velório | Foto: Denisse Salazar / Ag. A TARDE

Amigos, familiares e companheiros da Polícia Federal marcaram presença no local. Almeida faleceu juntamente com quatro criminosos. Outros dois agentes, o civil Vockton Carvalho e a federal Hosannah Carneiro, também ficaram feridos e foram levados à uma unidade de saúde da capital baiana.

Confira:


Segundo divulgado pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), foram apreendidos dois fuzis calibre 5,56, duas pistolas, carregadores, munições, rádios comunicadores e roupas camufladas.

Leia Mais

MP lamenta morte de PF em operação do cabrunco em Valéria

Morte de policial faz batalhão do DF descer ‘de bonde’ pra Salvador

Chefão da PF vai 'brotar' em Salvador para apurar morte de agente

A corporação emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do agente Lucas Caribé Monteiro de Almeida, lotado no Grupo de Pronta Intervenção (GPI) da Bahia. Por outro lado, o Diretor-Geral substituto da Polícia Federal, Gustavo Paulo Leite de Souza, decretou luto oficial de três dias.

Aos 42 anos de idade, o agente, que ingressou na Polícia Federal em 2013, na SR/PA e começou a carreira lotado na Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio e ao Tráfico de Armas (DELEPAT/PA), era casado e não tinha filhos. Em seguida, ele se deslocou para a Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE/PA).

exclamção leia também