31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

EMPACOU NO SONO - 15/12/2023, 14:51 - Pedro Moraes

Acorda Pedrinho? PM bota Pedrinho, ‘adm’ do tráfico, pra dormir em SSA

Operação policial derrubou tráfico de drogas e o gerente do movimento no bairro de Fazenda Grande

Operação policial derrubou tráfico de drogas e o gerente do movimento no bairro de Fazenda Grande
Operação policial derrubou tráfico de drogas e o gerente do movimento no bairro de Fazenda Grande |  Foto: Montagem Portal MASSA!!/Reprodução/Redes Sociais

Sem conversinha. Assim chegaram, em conjunto, equipes da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) no bairro de Fazenda Grande 3, em Salvador, nesta sexta-feira (15). Durante uma operação em combate ao tráfico de drogas, o gerente do movimento, identificado como Pedro Lucas de Jesus Suzart, caiu na vala.

O caso ocorreu durante uma incursão da PM que foi rebatida com disparos de arma de fogo na região. Informações obtidas pelo Portal MASSA! sinalizam que ao menos quatro pessoas teriam morrido.

Ainda assim, segundo o 22ª Batalhão da PM, além de “Pedrinho”, como era conhecido popularmente na região, de 23 anos de idade, apenas outro meliante, chamado de Alexandre Menezes de Jesus, de 21, também morreu.

Leia mais

Traficante é preso em Paripe cheio de pedras de crack e com 'verdinha'

‘Aviãozinho’ parceiro de barões do pó vai em cana na RMS

Parceiros caem em laranjada após buscar relógio 'fake' na Suburbana

Com a Operação Força Total, a corporação conseguiu apreender outros materiais: duas pistolas - uma de calibre .40 de numeração raspada e uma 380, com carregadores e munições, dois tabletes com 2kg de cocaína, 239 porções da droga, 35 porções de crack e 170 de maconha.

O material apreendido foi levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Devido aos óbitos, os corpos foram deslocados para o Hospital Eládio Lasserre, situado no bairro de Águas Claras, também na capital baiana, e foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) para perícia.

exclamção leia também