26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

eleições 2024 - 01/09/2023, 13:50 - Da Redação

Roma pretende direcionar candidatos do PL para o interior da Bahia

Presidente do Partido Liberal tem como objetivo expandir a presença da agremiação no estado baiano

João Roma, presidente do Partido Liberal (PL)
João Roma, presidente do Partido Liberal (PL) |  Foto: Divulgação

O presidente do Partido Liberal (PL) na Bahia, João Roma, está trabalhando duro para organizar a sigla no estado visando as eleições de 2024. Em uma entrevista na rádio Boa FM, Roma confirmou que o partido terá seus próprios candidatos em Itabuna, com o engenheiro Chico França, em Luís Eduardo Magalhães, com o empresário Antônio Tadeu, e em Teixeira de Freitas, com o Coronel França.

Ainda no bate papo com o jornalista Jarles Soares, o político ainda indicou que em breve serão anunciados os escolhidos do partido para concorrer durante as eleições do próximo ano nas cidades de destaque, como Alagoinhas e Barreiras. “Estamos em tratativas em Barreiras e Alagoinhas, onde estamos organizando o diretório e tivemos convenção há 15 dias. Queremos estimular novas lideranças por toda a Bahia”, disse Roma.

Leia mais

Flávio Dino pega ar com burburinho de seu nome para o STF

Temer diz que prisão vitimizaria Bolsonaro e não seria útil ao país

Bolsonaro tenta dar a última cartada para fugir do STF

O ex-ministro da Cidadania do governo de Jair Bolsonaro tem a missão de expandir a presença do PL na Bahia, buscando replicar o sucesso nacional do partido, que elegeu 99 deputados federais em 2022. O PL é atualmente o maior partido do Brasil, possuindo o maior fundo partidário e também cerca de 20% do tempo de rádio e TV. “Queremos transformar essa estrutura nacional em presença, ampliando a capilaridade de nosso partido na Bahia”.

Feira de Santana, Vitória da Conquista, Juazeiro, Camaçari, Ilhéus e Jequié estão na mira do projeto de candidaturas próprias a prefeito, assim como outros municípios importantes, a exemplo de Guanambi, e cidades menores. João Roma reiterou a sua pré-candidatura a prefeito de Salvador.

Ele fez questão de ressaltar, no entanto, o que ouviu do presidente Bolsonaro: “Roma, não podemos jogar com a vaidade”. Por isso, não descartou a aliança com outro candidato com vista a impedir uma vitória do PT na capital baiana o que carimbaria a hegemonia petista na Bahia. “Onde o PT estiver, nós estaremos do lado oposto”.

exclamção leia também