28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Política - 10/05/2023, 16:20 - Santiago Oliveira

Jero defende aumento de contribuição do Planserv para servidores

Regra atual prevê que profissionais que recebem a remuneração mínima, de R$350, pagam R$ 27,04

Na atualização, o valor proposto pode passar para R$ 28,12
Na atualização, o valor proposto pode passar para R$ 28,12 |  Foto: Rafael Martins / GovBA

Jerônimo Rodrigues (PT), governador da Bahia, defendeu o aumento das contribuições do Planserv por parte dos servidores proposto no projeto de lei enviado pelo Executivo estadual à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), nesta quarta-feira (10). A regra atual prevê que os profissionais que recebem a remuneração mínima, de R$350, pagam R$ 27,04. Na atualização, o valor pode passar para R$ 28,12.

Leia mais: Rui Costa aposta alto em Zé Trindade para prefeitura de Salvador

Confira: Famosos se despedem de Rita Lee durante velório em São Paulo

Veja também: PL do Governo sugere Segurança ‘GG’ e combo pra servidores

Considerada a contribuição para os que estão na faixa máxima de remuneração, a partir de 22.250,01, a contribuição vai de R$ 667,89 para R$ 721,32 - ou um aumento de quase 8%.

Durante entrevista coletiva, Jerônimo argumentou mais uma vez que a medida serve para garantir a sustentabilidade econômica do benefício. "Não se trata de efeito 'Robin Hood', não. É a justiça. Quem ganha acima de R$ 10 mil vai pagar no máximo R$ 50. Temos a coragem de pedir à Assembleia Legislativa que possamos garantir um plano de saúde de qualidade. Não vamos fugir de nenhum dos espinhos que estão aí, gosto de discutir olhando e fazendo a defesa. Se não fizéssemos as correções, não garantiríamos a sua sustentabilidade".

"Comparando com um plano de saúde privado, nunca seria esse valor, seria em torno de R$ 200 a 300. Temos que compartilhar para que nosso plano seja sustentável. Se não fizermos isso, daqui a dois ou três anos o estado acaba pagando a conta sozinho e isso não é justo", acrescentou.

exclamção leia também