28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

Lançamento - 03/05/2023, 17:11 - Da Redação

FPSP é lançada com Capitão Alden como Presidente Regional do Nordeste

Deputado também faz parte da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado

Presidente da FPSP destaca que  deputado baiano será o Presidente Regional do Nordeste da Frente Parlamentar da Segurança Pública
Presidente da FPSP destaca que deputado baiano será o Presidente Regional do Nordeste da Frente Parlamentar da Segurança Pública |  Foto: Divulgação

O deputado federal Capitão Alden (PL-BA) participou do lançamento da Frente Parlamentar da Segurança Pública (FPSP), na manhã desta quarta-feira (3). O evento ocorreu em Brasília e contou com as presenças dos principais nomes que defendem o segmento no Brasil.

Durante o encontro, o Presidente da FPSP, o deputado federal Alberto Fraga (PL-DF), destacou que o deputado baiano será o Presidente Regional do Nordeste da Frente Parlamentar da Segurança Pública. “É uma honra fazer parte da Frente Parlamentar da Segurança Pública e como já faço parte também da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, o nosso mandato dará o seu melhor para grandes conquistas para nossa categoria”, afirmou Alden.

Leia mais: Vereador não descarta PSDB na vice de Bruno Reis

Confira: Endividado: Latino não vai mais receber direitos autorais de seus hits

Veja também: GCM capacita agentes para atuação em patrulhas escolares no município

Durante o seu discurso, o parlamentar ressaltou o nome do ex-deputado estadual, o Soldado Prisco, que é um parceiro de farda em prol dos Agentes de Segurança Pública na Bahia. O ex-parlamentar esteve com Alden nas mobilizações após a morte do Soldado Wesley e os dois sempre bateram de frente com as gestões do PT na Bahia.

“Não posso deixar de falar do Soldado Prisco, na Bahia muitos aqui dos senhores conhecem esse parceiro, esse nosso amigo colaborador e hoje está sendo perseguido pelo Governo do Estado, está respondendo um PAD - Processo Administrativo Disciplinar, porque estava a época à frente das movimentações em favor dos militares baianos. A meta do desgoverno do PT é retirar os militares da política", completou o Capitão.

exclamção leia também