30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Política

É moral? - 28/08/2023, 21:49 - Santiago Oliveira

Em meio ao caos, Bolsonaro recebe título de cidadão de Minas Gerais

Título foi concedido quando ele ainda era presidente, em 2019, porém, a solenidade só ocorreu agora

O ex-presidente acompanhou a sessão ao lado do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo)
O ex-presidente acompanhou a sessão ao lado do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) |  Foto: Reprodução / TV-ALMG

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu título de cidadão honorário de Minas Gerais. A cerimônia foi realizada no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), nesta segunda-feira (28). O título foi concedido quando ele ainda era presidente, em 2019, porém, a solenidade só ocorreu agora, por pedido de 26 parlamentares do estado.

Durante o discurso, Bolsonaro afirmou que o trabalho é permeado por 'ingratidões' e 'incompreensões'. E, em seguida, continuou: "Por quanto tempo, naquela mesa em Brasília, eu perguntava: 'Meu Deus, o que eu fiz? Qual foi meu pecado para pagar um preço tão alto?'", declarou.

O ex-presidente acompanhou a sessão ao lado do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo). Durante o discurso do governador, ele ressaltou a parceria com Bolsonaro. “Nesses quatro anos, as portas dos ministérios do governo Bolsonaro estiveram sempre abertas para os nossos pedidos”, ressaltou.

Leia mais: Cacá Leão publica mensagem para Carlos Muniz: "Quero agradecer"

Confira: Após aprovação de projeto, governo anuncia pagamento de precatórios

Veja também: Lula sanciona MP que reajusta salário mínimo e amplia isenção do IR

O título, concedido por meio de decreto, busca “reconhecimento pelos relevantes serviços prestados em âmbito federal e estadual, no exercício das Chefias de Estado e de Governo do Brasil”. Também neste mês, o ex-presidente recebeu o título de cidadão goiano na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), em Goiânia.

As homenagens ao ex-presidente acontecem em meio a investigações da Polícia Federal (PF), que apuram a participação de Bolsonaro na venda ilegal de joias entregues durante viagens oficiais.

exclamção leia também