29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

E agora?! - 24/10/2023, 14:23 - Brenda Ferreira e Leo Moreira

Suspeitos de espancar torcedor do Vitória se apresentam à polícia

Advogado da dupla conta nova versão para agressões a rubro-negro

Advogado dos torcedores do Bahia tenta justificar agressões covardes
Advogado dos torcedores do Bahia tenta justificar agressões covardes |  Foto: Reprodução

Os dois suspeitos de agredirem um torcedor do Vitória, no último sábado (21), se apresentaram na 14ª Delegacia Territorial, na Barra, na manhã desta terça-feira (24). A dupla havia prometido se apresentar por volta das 10h, mas só chegou na unidade por volta de 12h, onde foi ouvida pela delegada titular Mariana Ouais.

De acordo com informações apuradas pelo Grupo A TARDE, os dois são moradores do centro da capital baiana. Um tem 25 anos e o outro, 29, no entanto, ainda não tiveram os nomes divulgados.

O advogado da Bamor, que também representa a dupla, Otto Lopes, negou que eles fazem parte da torcida organizada do Bahia. "Eles entendem que se envolveram em um ato e estão querendo explicar à polícia porque se envolveram em uma briga. Eles negam que tenham falado que são da Bamor. O que a vítima fala nem sempre é verdade", disparou.

A história ganha uma nova versão

"Eles não estavam utilizando material de torcida, estavam com camisa do Bahia. Alegaram que há dois jogos, estavam em uma lanchonete no bairro da Graça, quando foram agredidos por um grupo de torcida organizada do Vitória. Neste dia, acharam que ele [a vítima] era um dos integrantes do grupo que teria batido neles e, por isso, teriam revidado essa agressão", declarou Lopes.

O advogado deu entrevista coletiva nesta manhã.

Veja vídeo abaixo:

Leia também:

Torcedor do Vitória é espancado por homens com a camisa do Bahia; veja

Bamor nega ligação com agressores de rubro-negro: "Sensacionalismo"

exclamção leia também