26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

PENTE FINO - 10/05/2023, 15:56 - Pedro Moraes- Atualizado em 10/05/2023, 16:50

Operação Penalidade coloca ‘capita’ e ex-latera do Leão na mira

O cenário de ações indevidas de atletas brasileiros ficou em evidência desde o lançamento da operação

O cenário de ações indevidas de atletas brasileiros ficou em evidência desde o lançamento da operação
O cenário de ações indevidas de atletas brasileiros ficou em evidência desde o lançamento da operação |  Foto: Pietro Carpi / EC Vitória / Divulgação//Victor Ferreira/EC Vitória/Divulgação

Esquema de apostas investigadas pela Operação Penalidade Máxima, realizada pela Polícia Federal, entrou nos holofotes do futebol nacional. No quadro de jogadores afastados, existem alguns com passagem ou ex-passagem pela dupla Ba-Vi. Desta vez, o lateral-esquerdo Pedrinho, revelado pelo Leão da Barra, foi afastado pelo Athletico Paranaense, nesta quarta-feira (10), por ser citado em mensagens referentes ao esquema.

"O Club Athletico Paranaense informa que o atleta Pedrinho foi afastado preventivamente das atividades com o elenco principal até que os fatos divulgados nesta quarta-feira (10) sejam rigorosamente apurados", cita a nota do clube no Twitter.

Apesar de ainda não ser investigado pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO), o atleta teve uma atitude suspeita diante do Cuiabá, em setembro do ano passado, pela Série A do Brasileirão. Prints aponta que a ‘cria’ rubro-negra recebeu R$ 80 mil de apostadores para tomar um cartão amarelo.Aos 48 minutos do segundo tempo, Pedrinho recebeu a tarjeta, quando a partida estava com o placar de 2 a 2.

Junto a ele, quem teve seu nome citado em mensagens foi o lateral-direito Zeca, atualmente no Vitória. Capitão rubro-negro, ele também não foi denunciado pelo MP-GO até o momento e figura em citações dos apostadores indicados como líderes do esquema.

Leia Mais

Pente fino do MP pega ex-atletas de Ba-Vi em esquema de apostas

Ex-volante do Vitória fez de tudo para ser expulso por R$ 500 mil

Lei Geral do Esporte é aprovada com multas que podem chegar a R$ 2 mi

No trabalho pelo Hosuton Dynamo, dos Estados Unidos, o defensor foi abordado por um dos apostadores que ofereceu cerca de R$70 mil para receber um cartão amarelo. Como resposta, o defensor diz que está fora da partida. Em seguida, Zeca é citado como um dos jogadores dos quais Bruno Lopez espera resposta.

Zeca teria sido indicado pelo jogador Max Alves, do Colorado Rapids, conforme indicações de Bruno Lopez, em 8 de outubro do ano passado.

"Estou esperando o Max me dar a resposta, ele falou que tem um lá da MLS de odds 4.33", fala o chefe do esquema em uma mensagem de áudio. Em seguida, ele confirma o nome do jogador: "O da MLS é o Zeca, que era do Santos, tá ligado? Do Houston. Tá 4.33."

exclamção leia também