22º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Copa do Mundo 2022 - 16/11/2022, 18:55 - Pedro Moraes - Atualizado em 16/11/2022, 20:43

Neymar revela que resenhou com Messi sobre hexa contra a Argentina

Em chaves diferentes, Brasil e Argentina podem fazer uma final caso cheguem até a etapa decisiva

Em chaves diferentes, Brasil e Argentina podem fazer uma final caso cheguem até a etapa decisiva
Em chaves diferentes, Brasil e Argentina podem fazer uma final caso cheguem até a etapa decisiva |  Foto: Bertrand Guay/AFP

Dois dos jogadores mais talentosos do futebol mundial, os atacantes Neymar e Messi já cogitam a final da Copa do Mundo do Qatar 2022: Brasil x Argentina. Companheiros de clube e rivais de duas seleções candidatas ao posto de campeã do torneio, os jogadores do Paris Saint-Germain teriam que vencer um ao outro em caso de um confronto no Mundial. A competição começa neste domingo, 20.

"Às vezes brincamos sobre nos cruzarmos na final. Digo a ele (Messi) que serei campeão e ganharei dele. Damos boas risadas", indicou Neymar, em uma entrevista para o jornal inglês “The Telegraph”. "Jogar com ele e com o Kylian (Mbappé) é um prazer enorme. São dois grandes nomes. Messi é considerado o melhor do mundo por muitos", adicionou.

Caso permaneçam na liderança de seus grupos no Mundial, o maior duelo entre seleções da América do Sul aconteceria na final. Integrante do Grupo G, o Brasil disputa a chave com Sérvia, Suíça e Camarões. Do contrário, a Argentina figura na Chave C, ao lado de Arábia Saudita, México e Polônia.

Se Brasil e Argentina liderarem os seus grupos na Copa do Mundo, um possível confronto entre as seleções só acontecerá na final. O Brasil integra o Grupo G, ao lado de Sérvia, Suíça e Camarões. Por outro lado, a Argentina de Messi está no Grupo C, com Arábia Saudita, Polônia e México.

A seleção de Tite estreia no dia 24, contra a Sérvia, ás 16h (horário de Brasília), no Estádio Lusail. Por outro lado, o time de Scaloni encara a Arábia Saudita, às 7h (horário de Brasília), dois dias antes.

exclamção leia também