28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Foi sincero - 14/08/2023, 08:08 - João Grassi

"Não é todo jogo que vamos atuar perfeitamente", afirma Léo Condé

Rubro-Negro bateu o Ceará pelo placar de 1 a 0

Léo Condé em entrevista coletiva
Léo Condé em entrevista coletiva |  Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

Sem deixar a peteca cair, o Vitória voltou a vencer na Série B, neste domingo (13). O Leão bateu o Ceará no Barradão e conquistou mais um triunfo "consistente" na competição, isso de acordo com o técnico Léo Condé, que concedeu entrevista após a partida.

Para o comandante rubro-negro, o resultado foi muito importante dentro de um duelo "cheio de alternâncias". Ele destacou o equilíbrio no jogo e explicou algumas situações.

"Uma vitória muito importante contra um grande adversário. Uma equipe que investiu muito na competição. Mais uma vitória consistente contra eles, a terceira na temporada, que tem um peso muito grande. Jogo cheio de alternativas, sabíamos da dificuldade. Começou com muita trocação, depois equilibramos. Fizemos o gol, e, no final [do primeiro tempo], Lucas Arcanjo foi muito bem para evitar o empate. Depois, começaram os problemas de lesão, com Giovanni Augusto, e suspensos. Fizemos um primeiro tempo consistente. O Yan fez bem a função dele na lateral. No começo da segunda etapa não conseguimos sair, mas depois começamos a nos soltar. Zé Hugo teve duas boas chances e, no final, eles foram para o abafa. Isso é Série B, um jogo cheio de alternâncias e uma vitória muito importante", destacou.

De volta ao esquema com linha de quatro defensores, Condé explicou que esse é o desenho tático da sua preferência, mas que entendeu a necessidade de variar a partir de algumas ausências no elenco.

"Gosto de trabalhar com linha de quatro, não com linha de três. Foi uma necessidade do time, e a equipe se comportou bem. Mas perdemos o Felipe Vieira, o Osvaldo, e agora que os atletas estão voltando para retomarmos o esquema que trabalhamos no começo da competição. A gente não muda aleatoriamente. A gente entende as críticas, mas tem que olhar também os motivos pelo qual mudamos. O Osvaldo provavelmente volta aos treinos nesta semana e vamos observar a evolução dele", disse.

Para o técnico, a pressão externa sob seu trabalho, por vezes questionado pela torcida do Vitória apesar dos resultados, não o atinge. Ele explica que o time não irá atuar "perfeitamente" em todos os jogos.

"Eu faço meu trabalho aqui. Se a gente fosse levar por críticas externas teríamos perdido um dos melhores goleiros da Série B, que é o Lucas Arcanjo. Por isso fui contratado, para fazer o time ganhar jogos e brigar lá em cima. Não é todo jogo que vamos atuar perfeitamente. Fiz boas campanhas com o Sampaio Corrêa, e por isso estou aqui, para deixar o Vitória lá em cima na tabela", ressalta.

exclamção leia também