27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Fisio explica! - 12/03/2024, 07:00 - Larissa Falcão

'Fisio' projeta recuperação de zagueiro do Jequié: "Três a seis meses"

Sérgio Baiano sofreu uma lesão na lombar, na partida do último sábado (9), contra o Bahia

Sérgio Baiano sofreu uma lesão na região da lombar
Sérgio Baiano sofreu uma lesão na região da lombar |  Foto: Reprodução / Redes Sociais

Durante a partida entre Jequié e Bahia, no último sábado (9), válida pela semifinal do Campeonato Baiano 2024, o zagueiro Sérgio Baiano, do Jipão, saiu de campo em uma ambulância após sofrer uma lesão na região da lombar, que preocupou a todos envolvidos no mundo do futebol. Depois de exames, ele teve constatada fraturas na costela, mas não precisará passar por cirurgia. Contudo, o defensor está fora do restante da competição estadual.

Formado pela UCSAL e especialista em Ortopedia traumatologia e Esportiva, o fisioterapeuta Roberto César Santiago da Silva detalhou ao Portal MASSA! o que aconteceu com o zagueiro do Jipão. "O atleta em questão sofreu uma fratura no segmento lombar da coluna vertebral após queda durante a partida. Esse segmento é formado por 5 vértebras, e o atleta foi acometido por 3 vértebras fraturadas no trauma L3, L4 e L5", indicou.

Fisioterapeuta Roberto César Santiago da Silva explicou sobre a situação do jogador
Fisioterapeuta Roberto César Santiago da Silva explicou sobre a situação do jogador | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Segundo divulgado pelo Jequié, o atleta está seguindo um protocolo de tratamento com medicações que aliviem e tratem as dores, sem passar por operação. Já de acordo com Roberto César, que é Conselheiro e membro da Comissão de Esporte do CREFITO-7 (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Bahia), o caso do jogador se trata de uma fratura estável, que não causa deformidade na estrutura da coluna. Por isso, a lesão pode ser tratada com sessões de fisioterapia. Por outro lado, caso a fratura fosse considerada instável, seria necessária uma intervenção cirúrgica.

Tendo em vista que o processo de recuperação é individual para cada corpo, e como ele pode reagir, não há ainda certeza de quando o jogador poderá voltar aos gramados. No entanto, o fisioterapeuta revelou que dentro de três a seis meses, o zagueiro poderá estar voltando aos poucos às atividades.

"Segundo informações do clube, o atleta evolui bem. Tendo recebido alta hospitalar, todo o processo de reabilitação pode cursar entre três a seis meses. Ele irá passar um período fazendo uso de estabilizador com colete, creio que entre 8 a 12 semanas, e a fisioterapia é um instrumento de extrema importância nesse processo para acelerar o processo de recuperação", explicou.

Leia também:

Zagueiro do Jequié que sofreu 'cama de gato' está fora do Baianão

Jequié detalha estado de saúde de jogador que sofreu lesão na lombar

exclamção leia também