28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

SOLTOU O VERBO - 08/04/2024, 16:53 - Da Redação - Atualizado em 08/04/2024, 17:18

Contestado por dupla Ba-Vi, árbitro dá a ideia na súmula; confira tudo

Emerson Ricardo relatou xingamento de Biel e expulsão de Adriel

Vencida pelo Vitória, a decisão do Campeonato Baiano 2024 ainda deixa muita dor de cabeça nos torcedores do Bahia
Vencida pelo Vitória, a decisão do Campeonato Baiano 2024 ainda deixa muita dor de cabeça nos torcedores do Bahia |  Foto: Letícia Martins/EC Bahia

Vencida pelo Vitória, a decisão do Campeonato Baiano 2024 ainda deixa muita dor de cabeça nos torcedores do Bahia, principalmente quanto a atuação, para alguns, questionável do árbitro Emerson Ricardo de Almeida Andrade. Um dos momentos contestados foi a expulsão do volante Rezende, que atuou como lateral-esquerdo.

Para detalhar algumas das decisões dentro de campo, o juiz do Ba-VI de número 497 abriu o jogo. Refernte a expulsão aos 32 minutos do primeiro tempo, ele mencionou que o motivo foi a "falta tática calçando seu adversário, impedindo uma oportunidade clara e manifesta de gol".

Ele também relatou momentos como a expulsão do goleiro Adriel ao fim da partida, além de uma “agressão” do arqueiro contra um dos assistentes do confronto.

“Expulsei com o cartão vermelho direto o atleta nº23 da equipe Esporte Clube Bahia, srº Adriel Vasconcelos Ramos, após o término da partida, por protestar e agredir o assistente nº.01 Luanderson Lima, informo ainda que o referido atleta deu um tranco no oficial de arbitragem, protestando de forma irônica, aplaudindo e suas palmas atingiram o rosto do assistente”, detalhou o árbitro.

Leia mais

Deu pra trás? CBF define mata-mata do Nordestão sem árbitro de vídeo

Vídeo: Presida do Vitória surge 'metendo dança' após título do Baianão

Comemora torcedor! Vitória é campeão baiano pela 30ª vez

Outro atleta do Esquadrão de Aço citado pelo juiz foi Biel. Conforme relato de Emerson, o atacante foi até a zona mista e xingou o árbitro da partida após o fim do Ba-Vi na Arena Fonte Nova.

“Após o término do jogo quando estava me dirigindo ao vestiário de arbitragem, o atleta do Esporte Clube Bahia, srº Gabriel Teixeira Aragao, se encontrava na zona mista no espaço destinado aos árbitros, reclamando de maneira acintosa e agressiva proferindo as seguintes palavras: "Você é incompetente, vagabundo, estava comemorando o título do Vitória". Vale ressaltar que me senti ofendido pelas palavras direcionadas a mim”, acrescentou.

Vitória

Pelo lado do Vitória, a súmula ganhou o registro da comemoração dos jogadores em frente a torcida organizada do Tricolor, que foi "arriscada" e "comprometeu a segurança do evento".

“Informo que ao término do jogo, quando os jogadores do Esporte Clube Vitória estavam comemorando o título, fui informado pelo comandante do BEPE Ten. Cel. Helbert Vinhático, que os atletas da equipe mencionada se posicionaram e comemoraram de forma provocativa em frente a torcida organizada da equipe mandante de maneira arriscada e comprometendo a segurança do evento. De acordo com o responsável da segurança foram atirados vários objetos em direção ao gramado onde se encontrava os jogadores”, finalizou.

exclamção leia também