22º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Tudo batendo - 18/12/2023, 22:24 - Lincoln Oriaj e Marcello Góis / Portal A Tarde

Conselho do Vitória aprova orçamento de R$ 218 milhões para 2024

Sem maiores intercorrências, a aprovação ocorreu por unanimidade

Proposta orçamentária apresentada aos conselheiros em reunião no Barradão
Proposta orçamentária apresentada aos conselheiros em reunião no Barradão |  Foto: Lincoln Oriaj / Ag. A TARDE

Em reunião realizada na noite desta segunda-feira (18), no Barradão, o conselho deliberativo do Vitória aprovou por unanimidade o maior orçamento da história do clube, no valor de R$ 218 milhões para a temporada 2024. A previsão é de que a arrecadação chegue a R$ 240 milhões, com a subtração de R$ 21 milhões referente aos impostos.

Em decisão democrática, o conselho decidiu que haverá uma votação para suplementação prévia de R$ 70 milhões, sendo possível o aumento do orçamento na casa dos R$ 310 milhões. Esse pleito deve ocorrer quando o contrato com a Libra foi devidamente assinado. Dos R$ 120 milhões já acordados com a liga, o valor de R$ 50 milhões foi apresentado na proposta orçamentária.

Veja também:

Ferretti é empossado no Tricolor de Aço: "Ser o melhor para o Bahia"

'Presida' do Conselho elogia planejamento orçamentário do Vitória

Santos paga multa e contrata técnico, diz site

No próximo ano, o clube vai disputar o Campeonato Baiano, as Copas do Brasil e do Nordeste, além da Série A do Campeonato Brasileiro.

Confira o detalhamento das receitas projetadas pelo clube em 2024:

DIREITO DE ARENA E IMAGEM - R$ 117,1 milhões (53,6%)

A receita diz respeito aos direitos de TV relacionados aos quatro campeonatos que o clube disputará no ano: Campeonato Baiano (R$ 1,1 milhão), Copa do Nordeste (R$ 2 milhões), Copa do Brasil (R$ 1 milhão) e Série A do Campeonato Brasileiro (R$ 63 milhões). Além disso, considera R$ 50 milhões da Libra - com quem, de acordo com o presidente Fábio Mota, o Vitória tem assinado um pré-contrato de R$ 120 milhões.

PLANO DE SÓCIOS SOU MAIS VITÓRIA - R$ 38.380.944,00 (17,6%)

A diretoria projeta um crescimento de 12.984 na base de sócios ao longo do ano, contando com a inadimplência média de 7% e um ticket médio de R$ 88,75 por mês.

PREMIAÇÕES - R$ 21,8 milhões (10%)

O planejamento do Vitória é chegar à final do Campeonato Baiano, à final da Copa do Nordeste, à 4ª fase (oitavas de final) da Copa do Brasil e chegar à 16ª posição no Campeonato Brasileiro.

Em 2023, o campeão baiano recebeu R$ 125 mil e o vice R$ 100 mil; o campeão da Copa do Nordeste recebeu R$ 6,2 milhões e o vice R$ 5,2 milhões; na Copa do Brasil, clubes da Série A que chegaram às oitavas receberam R$ 8,5 milhões no total; no Brasileirão, por fim, o 16º recebeu R$ 16,2 milhões.

PATROCÍNIOS - R$ 22.693.196,00 (10,4%)

Aqui, a diretoria considerou as negociações de contratos de patrocínios até 21 de novembro de 2023 mais as permutas vigentes e projetou R$ 5,6 milhões de novos patrocínios em 2024.

TRANSAÇÕES DE ATLETAS - R$ 18 milhões (8,2%)

Esse é o valor que o Leão espera arrecadar com negociações de jogadores potenciais com o futebol profissional e a base.

RECEITAS COM JOGOS - R$ 11.579.500,00 (5,3%)

Diante das projeções da temporada, o Vitória espera realizar 36 jogos no Barradão. Em 2023, foram 30 partidas, com receita de R$ 5,9 milhões.

RECEITAS PATRIMONIAIS - R$ 4.847.082,00 (2,2%)

Essa é a arrecadação projetada com bares/restaurantes e estacionamento (R$ 4,2 milhões). Além disso, computa as mensalidades da nova academia de futebol, que deve ser inaugurada em janeiro (R$ 440 mil), aluguel do campo e espaços (R$ 60 mil) e o aluguel para a Claro colocar uma antena no estádio (R$ 120 mil).

ROYALTIES - R$ 3.223.286,00 (1,5%)

Os Royalties são as porcentagens que o Vitória tem no contrato com a Volt, fornecedora de material esportivo (R$ 3 milhões), e com a Destra, responsável pelo controle da "venda" da marca Vitória no Brasil (R$ 213 mil).

DIVERSAS - R$ 1,74 milhão (0,8%)

Aqui, a diretoria inclui o aluguel/comodato de oito novos camarotes (R$ 1,2 milhões por ano), parcelas a receber em 2024 dos seis camarotes já existentes (R$ 480 mil) e doações em espécie (R$ 60 mil).

LOJAS - R$ 778.615,00 (0,4%)

A diretoria planeja ter oito lojas até o fim de 2024. A receita, segundo o documento, é de R$ 72 mil por ano em cada loja.

O somatório dessas receitas é R$ 240.142.622,00. Isso geraria impostos de R$ 21.498.440,00. Daí o número de R$ 218 milhões projetado pela diretoria do Vitória para o ano de 2024.

exclamção leia também