25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Fala, professor - 24/03/2024, 19:48 - João Grassi - Atualizado em 24/03/2024, 20:37

Ceni admite Baêa com menos "intensidade", mas enaltece campanha

Tricolor garantiu a melhor campanha da fase de grupos da Copa do Nordeste

Rogério Ceni em entrevista coletiva
Rogério Ceni em entrevista coletiva |  Foto: Letícia Martins/EC Bahia

Mesmo já classificado para as quartas de final, o Bahia ganhou mais uma na Copa do Nordeste e garantiu a melhor campanha da fase de grupos. A vítima da vez foi o Maranhão, mas o placar foi magrinho, 1 a 0. Em uma partida mais morna, o time de Rogério Ceni correu poucos riscos, mas não fez 'aquela força' para tentar ampliar o placar.

De acordo com Ceni, a expectativa colocada em cima do Bahia está muito alta, e por isso vencer por uma pequena diferença de gols acaba não satisfazendo a todos. Ele diz que as pessoas estão "vendendo um mundo que não existe" e enalteceu os feitos do Tricolor na competição.

"Acho que a gente sempre tem expectativa alta do Bahia. Dominamos o jogo, não tivemos efetividade na hora que criamos, mas vencemos o nono jogo aqui. Acho que sempre terá dificuldade, as pessoas talvez vendam um mundo que não existe. Às vezes a gente ganha, mas parece que a gente está sempre abaixo da expectativa, enquanto outros times estão sempre acima da gente. Mas chegamos a 18 pontos em uma competição em que o outro grupo me pareceu um pouco mais forte e equilibrado. E nós enfrentamos todos os times de lá, com exceção do Botafogo-PB, garantindo o primeiro lugar geral com antecedência", começou Ceni.

"Vamos fazer o necessário para nos preparar da melhor forma para os jogos seguintes da competição. O Caio Alexandre saiu machucado, o Arias ainda está na Seleção. Vamos nos preparar com o que temos para os jogos mais importantes para a gente", disse o técnico.

Segundo o treinador, todos os atletas que entraram estavam em boa condição física. Houve expectativa do time reserva entrar em ação, mas apenas três titulares ficaram de fora, sendo que Rezende foi por suspensão. Everaldo e Cauly foram poupados.

"Nós trouxemos os atletas que a equipe médica nos permitiu trazer. Os jogadores que não vieram foi porque não reuniram condições suficientes por questões físicas. Mudamos um pouco a característica. Sem o Cauly é lógico que muda, mas não deixamos de criar, de ter controle e atacar. Tivemos a oportunidade de selar o placar mais cedo. Claro que Cauly faz falta, mas em determinados jogos ele não vai jogar. O time não deixou de criar e de ter volume, mas jogou com uma intensidade um pouco abaixo do que joga normalmente", explicou.

Com seis triunfos em sete rodadas do Nordestão, o Tricolor sobrou no Grupo B e também não pode ser mais alcançado por ninguém do Grupo A na classificação geral. Ceni enalteceu a boa campanha e se diz "feliz" com o que o time apresentou até este momento da temporada.

"Avalio como extremamente positiva [a primeira fase]. É difícil estar sempre focado com tantas viagens, tantos jogos. Mas o espírito vencedor sempre esteve com os jogadores. Poderia ser mais fácil, mas é complicado manter a concentração sempre. Tivemos algumas mexidas hoje, os atletas vieram de um clássico, em que você perde muita energia, foco. Valorizo muito o que os jogadores fizeram até agora, claro que só tem valor se você for campeão. Mas eu fico feliz com o que foi feito de 6 de janeiro até agora", analisou.

Já classificado e com a melhor campanha da Copa do Nordeste, o Bahia deve viajar até sem Rogério Ceni para João Pessoa, onde encara o Botafogo-PB pela 8ª e última rodada da fase de grupos. A partida será realizada na quarta-feira (27), às 21h30.

exclamção leia também