31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

JEITINHO BRASILEIRO - 06/08/2023, 18:50 - Bruno Dias

Brasileira leva topo de tênis em Feira de Santana

ENGIE Open é o título de maior expressão da carreira da tenista

Laura Pigossi com o troféu de campeão em mãos
Laura Pigossi com o troféu de campeão em mãos |  Foto: Divulgação CBT

A brasileira Laura Pigossi, de 29 anos de idade, superou a bielorrussa Jana Kolodynska por 2 sets a 0 (6/1 e 6/4), neste sábado (5). Com o feito, ela se tornou a campeã da Engie Open, na Academia de Beach Tennis, a Tênis Smash, localizada na cidade de Feira de Santana, na Bahia.

Com outras oito conquistas em sua trajetória como tenista, o título alcançado no sábado se tornou o de maior expressão em toda a carreira de Pigossi. Após a disputa, a paulista expressou que a cidade baiana ficará eternizada em seus sentimentos.

"Foram muitas adversidades para chegar até aqui, mas eu foquei em cada jogo e em cada dia até chegar à essa conquista maravilhosa. Agradeço muito a todos que vieram prestigiar e esse prêmio tem uma grande ajuda deles. Feira de Santana agora tem um lugar especial no meu coração”, mencionou.

Leia mais

'Na raça' Arsenal supera City e levanta primeiro troféu da temporada

Youtuber 'mete porrada' em ex-UFC e vence luta de boxe por unanimidade

O jogo

Pigossi demonstrou domínio total do confronto desde os primeiros momentos. No primeiro set, a brasileira 'amassou' Kolodynska, sem possibilitar reação a adversária e garantindo a vitória com apenas 32 minutos, na etapa inicial.

De volta ao segundo set, a bielorussa tentou dificultar as coisas com uma virada no score, porém, a grande torcida presente 'empurrou' Pigossi para tomar o controle do jogo novamente e garantir o título para o Brasil.

Rafael Westrupp, presidente da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), rasgou elogios a cidade de Feira de Santana durante o tempo que esteve presente para o torneio.

"O período aqui em Feira de Santana foi fantástico para o tênis brasileiro. Não só pelo título, mas por todo trabalho que realizamos para desenvolver a modalidade. Trazer torneios para o Brasil é uma forma de possibilitarmos que as nossas tenistas somem mais pontos no ranking”.

exclamção leia também