30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Lamentável! - 01/04/2024, 15:35 - Vinicius Portugal- Atualizado em 01/04/2024, 15:49

ABCD repudia ataques contra jornalista e influencer no Ba-Vi

Ação representa mais um motivo para manutenção da torcia única nos estádios

Profissionais foram vítimas de ataques por parte da torcida do Leão
Profissionais foram vítimas de ataques por parte da torcida do Leão |  Foto: Arquivo Pessoal/Linkedin

A Associação Bahiana de Cronistas Desportivos (ABCD) pronunciou-se, nesta segunda-feira (1º), após os ataques da torcida do Vitória à jornalista Samara Figueiredo, da TV Bahia, e a Antônio Neto, influenciador que tem um canal ligado ao Bahia (ECB TV). Ameaças e xingamentos foram proferidos contra os dois durante a vitória de virada do Leão sobre o Esquadrão por 3 a 2, no último domingo (31), no estádio Barradão.

Ambos os profissionais estavam na sala de imprensa quando foram confrontados por torcedores rubro-negros. Samara, inclusive, ouviu diversas frases machistas direcionadas a ela como: “O seu lugar não é aqui, só tá na TV Sardinha porque alguém está de com&ndo, p*ta, v@gabund*’ e afins”, contou a repórter em um desabafo em suas redes sociais.

Em nota, a ABCD reforçou que "a nossa posição é que não há espaço no futebol - e em qualquer camada da sociedade - para violência de qualquer sentido. Em um momento em que vivemos a separação das torcidas nos estádios, precisamos de ações que valorizem a força do esporte em nosso estado e recuperem a sensação de paz vivida em outros tempos", além de exigir respeito com todos os comunicadores e solidarizar-se com os profissionais.

O Portal MASSA! também entrou em contato com a Federação Bahiana de Futebol (FBF), que preferiu não se manifestar sobre o caso. Segundo a entidade baiana, o regulamento geral de competições diz que a tribuna de imprensa do Barradão é de responsabilidade do clube mandante.

Confira nota na integra:

Salvador, 01 de abril de 2024

A Associação Bahiana de Cronistas Desportivos (ABCD) lamenta profundamente as ameaças e gestos ofensivos proferidos por torcedores contra a jornalista Samara Figueiredo, da Rede Bahia, e ao produtor de conteúdo Antônio Neto, após o clássico entre Bahia e Vitória realizado no Barradão, no último domingo (31), pela primeira partida da final do Campeonato Baiano 2024.

Reforçamos a nossa posição de que não há espaço no futebol - e em qualquer camada da sociedade - para violência de qualquer sentido. Em um momento onde vivemos a separação das torcidas nos estádios, precisamos de ações que valorizem a força do esporte no nosso estado e recuperem a sensação de paz vivida em outros tempos.

Em nome dos associados, a ABCD exige respeito para todos os comunicadores, independente do estádio em que estejam trabalhando. Prezamos pelo exercício da imprensa, que busca todos os dias levar informação e entretenimento para os torcedores.

Por fim, a entidade se solidariza com os envolvidos e se põe à disposição para escutá-los em busca de melhorias futuras para que o trabalho de todos seja realizado da melhor maneira possível.

Atenciosamente

Edson da Silva Marinho Junior

Presidente da ABCD

exclamção leia também