30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Esporte

Até quando? - 01/04/2024, 12:14 - Da Redação- Atualizado em 01/04/2024, 12:50

Jornalista é atacada por torcedores no Barradão: "Chorei de raiva"

Samara Figueiredo foi xingada e hostilizada enquanto trabalhava na cobertura do BaVi

Samara Figueiredo afirma que foi hostilizada por torcedores
Samara Figueiredo afirma que foi hostilizada por torcedores |  Foto: : Olga Leiria / Ag. A TARDE

Enquanto o clássico Ba-Vi deste domingo (31) proporcionou muitas emoções e reviravoltas em campo, alguns torcedores rubro-negros protagonizaram um verdadeiro show de horrores contra a imprensa na arquibancada. Além do caso de violência contra o influenciador Antônio Neto, a jornalista Samara Figueiredo também foi alvo de ataques no Barradão. Ela usou as redes sociais para expor a situação.

De acordo com a publicação de Samara, que atualmente trabalha na TV Bahia, tudo começou quando um torcedor do Vitória se descontrolou e bateu no vidro da sala de imprensa. Ela afirmou que foi ofendida com xingamentos e falas machistas enquanto trabalhava e precisou ser escoltada pela Polícia Militar para deixar o estádio. “Hoje ouvi ‘o seu lugar não é aqui, só tá na TV Sardinha porque alguém está de com&ndo, p*ta, v@gabund*’ e afins”, contou.

Imagem ilustrativa da imagem Jornalista é atacada por torcedores no Barradão: "Chorei de raiva"
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Revoltada com a situação, a jornalista lamentou o ocorrido. “Doeu e tá doendo muito. Já chorei de raiva! Só eu sei o quanto ralei, dei e dou tudo de mim para ter o meu lugar na maior emissora do estado. Não fui ‘c*mida’ por ninguém para chegar onde cheguei. Foi o meu trabalho. A minha competência”, desabafou.

Cobranças ao Vitória e à Federação Bahiana de Futebol

Além de falar sobre o ataque, Samara Figueiredo também apontou um suposto descaso do próprio Esporte Clube Vitória (ECV) e da Federação Bahiana de Futebol (FBF) com situações como esta. A jovem disse que estava “desacreditada com a ‘resposta’ dos que podiam fazer algo” e que “o Vitória e a Federação Bahiana precisam e muito rever certas coisas no estádio”.

Imagem ilustrativa da imagem Jornalista é atacada por torcedores no Barradão: "Chorei de raiva"
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Leia também: YouTuber do Bahia é alvo de ataque na área de imprensa do Barradão

O Portal MASSA! entrou em contato com o ECV e a FBF para saber o posicionamento deles sobre o caso. A assessoria do clube rubro-negro afirmou que “acredita” na versão de Samara, mas irá “apurar os fatos” antes de tomar um posicionamento, já a Federação Bahiana de Futebol disse que está tomando conhecimento do ocorrido e ainda não deu uma resposta oficial sobre o assunto.

exclamção leia também