28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

justiça seja feita - 01/09/2023, 14:52 - Bruno Dias

Mulher que esquartejou filha e escondeu corpo vai cair no Tribunal

Ruth Floriano confessou todo o crime cometido aos policiais

Mulher passa por prisão preventiva até o julgamento
Mulher passa por prisão preventiva até o julgamento |  Foto: Reprodução | Divulgação / Polícia Civil

Ruth Floriano, que esquartejou a própria filha, de oito anos, e guardou as partes do corpo em uma geladeira, se tornou ré da justiça de São Paulo, durante a última quinta-feira (31), pelo crime de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.

A mulher, de 31 anos, foi denunciada pelo Ministério Público, e está presa desde o sábado (26), mesmo dia em que as partes mortais da criança foram descobertas pela sogra. A prisão dela foi mantida em regime preventivo até que um julgamento fosse iniciado.

Leia mais

Advogado da família de Bernadete afirma ser alvo de novas perseguições

Corpos de meninas desaparecidas em rio de Jequié são encontrados

Suzane von Richthofen está grávida e já escolheu nome do bebê

Durante sua declaração à polícia, a homicida confessou todo o caso e ainda revelou que a motivação por trás do assassinato foi para se vingar do pai adotivo da garota. Ainda em meio a sua fala, a acusada contou que fez uso de drogas para criar coragem de matar e esquartejar a criança, além de pesquisar na internet as melhores maneiras de cometer o ato.

A assassina apunhalou a menina enquanto ela escovava os dentes no banheiro e então guardou seu corpo retalhado em uma geladeira, cobrindo o mesmo com pano e fita. O corpo da pequena foi encontrado apenas 20 dias após o delito e, segundo o IML (Instituto Médico-Legal), um osso divergente do corpo da menina foi encontrado. As investigações sobre o caso continuam.

exclamção leia também