27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

xii - 21/03/2024, 21:31 - Clara Oliveira

MP recomenda que Jacobina adote medidas para conter chorume de aterro

O município foi recomendado a adotar uma série de medidas para conter a poluição

Foi identificado o lançamento de chorume em áreas localizadas nas adjacências do aterro
Foi identificado o lançamento de chorume em áreas localizadas nas adjacências do aterro |  Foto: Divulgação

O Município de Jacobina recebeu uma recomendação do Ministério Público da Bahia de adotar uma série de medidas para conter a poluição que está sendo causada pelo aterro controlado da cidade. De acordo com o promotor de Justiça, Igor Clóvis Silva Miranda, foi identificado o lançamento de chorume em áreas localizadas nas adjacências do aterro.

O promotor de Justiça recomenda que, no prazo de cinco dias, o Município de Jacobina faça a construção de um dique de contenção na área do ponto de disposição final mais próximo à Recicla Jacobina, nos arredores do aterro controlado, de forma que, caso venha a ocorrer outro evento de extravasamento de chorume, o material permaneça contido.

Leia Mais:

Dia da Eliminação da Discriminação Racial; entenda como surgiu a data

Parte da Av. Juracy Magalhães será interditado para realização de obra

'Chuvinha' transforma avenida de Vitória da Conquista em Lagoa

Também foi recomendado pelo MP, a coleta do chorume acumulado nas valas executadas e na área da Recicla Jacobina e que realize procedimento de recobrimento dos resíduos de forma que a área exposta à precipitação fique reduzida a uma pequena frente de serviço de dimensões reduzidas.

O município foi recomendado de que, nos próximos seis meses, transporte os resíduos coletados em Jacobina para um aterro sanitário dotado de licença ambiental para receber tais materiais e elabore um estudo técnico para prever o encerramento e remediação da área do atual lixão.

Segundo Igor Clóvis Miranda, a visita técnica da Central de Apoio Técnico do MP identificou ‘’o lançamento às adjacências da área de disposição final, de líquido marrom, escuro, com odor fétido, oriundo do interior da massa de resíduos, podendo ser inequivocamente classificado como chorume’’, e o ‘’lançamento de resíduos líquidos em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou regulamentos, notadamente configurando poluição com risco à população humana daquele entorno”.

exclamção leia também