29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

boa! - 10/09/2023, 15:54 - Clara Oliveira e Amanda Souza

Módulo de Saúde na Parada do Orgulho LGBTQIAP+ atrai uma galera

Espaço conta com testagens gratuitas na hora para HIV e sífilis, emissão de cartão SUS com nome social, entre outros

Espaço conta com testagens gratuitas na hora para HIV e sífilis
Espaço conta com testagens gratuitas na hora para HIV e sífilis |  Foto: Uendel Galter/Ag. A Tarde

O módulo de saúde para atendimento ao público na 20° Parada do Orgulho LGBTQIAP+ que acontece neste domingo (10), além de atendimentos de urgência e emergência, conta com testagens gratuitas na hora para HIV e sífilis, autotestes para detectação do HIV, emissão de cartão SUS com nome social, distribuição de insumos para prevenção combinada, preservativos, registrou 50 testagens até as 14h. Voltando para o Campo Grande, após quatro anos, o movimento no módulo de saúde durante a Parada do Orgulho foi agitado.

Erik Abade, técnico de referência do Campo Temático Saúde da População LGBT da SMS, destaca a procura por orientações. "A gente está percebendo uma procura bem bacana pelas orientações geradas. As pessoas têm vindo muito para conversar sobre a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP), a Profilaxia Pós-Exposição (PEP), discutir um pouquinho sobre o gel lubrificante, outras questões além da testagem e atendimento de urgência", afirmou ele ao Portal MASSA!.

O módulo de saúde que oferece preservativos internos e externos, gel lubrificante, chuca descartável e agendamento da PrEp, também disponibiliza o auxílio para os indivíduos que testaram positivo para HIV ou Sífilis nas testagens na hora. "Qualquer pessoa que saia com o resultado positivo para HIV, já sai daqui com a consulta agendada para o infectologista. E quem tiver positivo para sífilis já pode iniciar o tratamento aqui mesmo", diz Abade.

Visando oferecer suporte para o público LGBTQIAP+, a Secretaria de Saúde de Salvador tem realizado projetos para atender a população sem descriminação, por orientação sexual e por identidade de gênero.

De acordo com o técnico de referência, a prefeitura tem se organizado para garantir o acesso e a qualidade da população LGBT diariamente. "Vale destacar aqui hoje nesse dia da parada, a normatização do nome social em todos os nossos prontuários e no cartão do SUS, as pessoas trans podem ser atendidas em qualquer serviço municipal de saúde tendo seu nome social e sua identidade de gênero respeitados. Outro destaque importante é a implementação do projeto 'Unidade Básica Amiga da Saúde LGBT'que é um processo de intensificação da qualificação do processo de trabalho de unidades de saúde da família e unidades básicas de saúde para um atendimento dessa população livres de lgbtfobia".

Além disso, Erik destacou sobre o ambulatório especializado inaugurado no município de Salvador no dia 1° de setembro. "O ambulatório municipal especializado em saúde LGBT+ que funciona no Multicentro de Saúde Carlos Gomes, que é um serviço especializado, que está para atender demandas especializadas para essa população"

exclamção leia também