30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

BANGU VIROU? - 17/05/2023, 16:45 - Pedro Moraes- Atualizado em 17/05/2023, 16:59

Mete mão que é promoção: Gasolina fica com ‘precinho' menor

Apesar de cautela pregada com mudanças recentes, o valor já apresentou redução

Apesar de cautela pregada com mudanças recentes, o valor já apresentou redução
Apesar de cautela pregada com mudanças recentes, o valor já apresentou redução |  Foto: Leitor Portal MASSA!

O ditado popular baianês “mete mão que é promoção” refletiu o preço da gasolina comum em alguns postos de Salvador. Após vários soteropolitanos e baianos manifestarem que não viram queda no valor do combustível, o Portal MASSA! recebeu imagens de seus leitores mostrando que alguns postos estão com preço promocional.

“Em duas semanas, caiu de R$ 5,59 para R$ 5,04”, afirma um leitor que tem o hábito de abastecer seu veículo no Posto Menor Preço, localizado na Rua Goiás, situada no bairro da Pituba, em Salvador.

A redução está presente também no Posto Shell, presente na Avenida Octávio Mangabeira, também no mesmo bairro da capital baiana. Por outro lado, o preço do litro da gasolina comum no posto de combustível da mesma empresa, porém, na unidade localizada na Avenida Caminho de Areia, está avaliada em R$ 5,19.

Leia Mais

Acelen não segue Petrobras e preço da gasolina frustra população

Senacon vai monitorar preços de combustíveis no país

Líder dos rodoviários confirma risco de greve em Salvador: "É real"

Vale lembrar que alguns estados estão no radar da diminuição de até 8% no valor final da gasolina. Porém, em grande parte das bombas de SSA City, o preço médio continua na faixa de R$ 5,20. Acima de tudo, a Acelen - empresa responsável por definir a tabela de preços e detentora da Refinaria Landulpho Alves (RLAN) -, mencionou que os seus valores “seguem critérios técnicos”.

"Acelen informa que os preços dos combustíveis produzidos na Refinaria de Mataripe seguem critérios técnicos, que levam em consideração variáveis como custo do petróleo, dólar e frete, em consonância com as práticas internacionais de mercado”, diz a nota oficial enviada ao Portal MASSA!.

Sindicato dá a ideia

Questionado pela reportagem, o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e de Lubrificantes da Bahia (Sindicombustíveis-BA) indicou que a decisão da Petrobras, mediante a nova política de preços dos combustíveis, impacte na economia do estado.

"A preocupação do Sindicombustíveis Bahia é que a decisão da Petrobras impacte nos postos de rodovias da Bahia, que competem com estabelecimentos de outros estados, sendo abastecidos pela estatal e que, provavelmente, terão preços mais competitivos. Isso pode resultar na queda das vendas na Bahia e, consequentemente, prejudicar a economia do estado", cita um trecho da nota".

Além disso, o sindicato menciona que "a composição dos combustíveis leva em conta outros agentes do setor, além da refinaria, como transportadoras, distribuidoras e impostos", ressaltando que "não interfere no mercado e respeita a livre concorrência".

exclamção leia também