25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Bem preso! - 27/03/2024, 14:05 - Vinicius Portugal

Caso Marielle: deputado vai para xilindró federal

Político foi transferido de Brasília para penitenciária federal

Deputado foi transferido de helicóptero para Campo Grande
Deputado foi transferido de helicóptero para Campo Grande |  Foto: Marcus Vinicius/Tv Morena

O deputado federal Chiquinho Brazão (sem partido), suspeito de ser um dos mandantes das mortes da vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes em 2018, foi transferido de Brasília para o presídio federal em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, na manhã desta quarta-feira (27). A operação foi realizada pela Polícia Penal Federal.

Seu irmão, Domingos Brazão, também acusado como um dos mandantes do crime, deverá ser transferido para outro presídio federal. O delegado Rivaldo Barbosa, acusado de atrapalhar as investigações, segue preso na Penitenciária Federal de Brasília.

Leia Mais:

Relator na CCJ defende que deputado assassino de Marielle fique preso

Caso Marielle: patroa de delegado miguezeiro vira alvo de investigação

É importante ressaltar que o presídio de Campo Grande é onde o ex-policial militar Ronnie Lessa cumpre sentença, porém ele deverá ser transferido, já que foi o delator dos irmãos Brazão. Lessa foi apontado como o autor dos disparos que resultaram nas mortes de Marielle e Anderson.

exclamção leia também