29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

TROCO DADO OU ENGANO? - 01/04/2024, 16:41 - Pedro Moraes- Atualizado em 01/04/2024, 17:27

Tráfico é ponte em investigação sobre chacina de irmãos e amigos

Irmãos e demais pessoas foram encontradas amarradas umas nas outras

Os quatro corpos apareceram, nesta segunda-feira (1°), em um terreno deserto na zona rural, marcados por tortura e execução
Os quatro corpos apareceram, nesta segunda-feira (1°), em um terreno deserto na zona rural, marcados por tortura e execução |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

A chacina que terminou com três jovens e um adolescente mortos, na cidade de Barro Preto, situada no sul baiano, a cerca de 465 km de Salvador, aconteceu com requintes de crueldade. Os quatro corpos apareceram amarrados uns aos outros, nesta segunda-feira (1°), em um terreno deserto na zona rural, marcados por tortura e execução.

Identificadas como Samyr Emanuel dos Santos Nunes, Gustavo Silva Lima, John Lenon Ramos Santos e Jamylle Ramos Santos, de 19, 17, 26 e 24 anos, respectivamente, as vítimas foram sequestradas na noite anterior.

Dois deles, John e Jamylle eram irmãos. Esta última tinha um relacionamento amoroso com Samyr. A moça, inclusive, deixou uma filha de 9 anos, de um outro relacionamento.

Leia mais:

Chacina: três jovens e um adolescente são mortos a tiros no sul da BA

“Olhe para o céu”, ordenava pai que estuprou e engravidou filha

Vídeo: operários ‘da boca’ roubam de refri a dinheiro em posto

Conforme informações obtidas pelo Portal MASSA!, ao menos três suspeitos armados abordaram o grupo. Cerca de 20 tiros foram disparados contra o grupo.


Pegue a visão:

Imagem ilustrativa da imagem Tráfico é ponte em investigação sobre chacina de irmãos e amigos
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Motivação

Uma das pontes de investigação policial é a suposta ligação de uma ou mais vítimas com o tráfico de drogas. Ainda assim, detalhes sobre a autoria e a motivação real do crime seguem como incógnitas.

O Portal MASSA! entrou em contato com a Polícia Civil da Bahia (PC-BA). A corporação, por meio de nota, confirmou a ligação do crime com o tráfico de drogas.

Depoimentos são coletados e outros elementos para esclarecer o caso. A autoria e motivação ainda são desconhecidas. As guias periciais e de remoção foram expedidas.

O caso está sob investigação da delegacia de Barro Preto, apoiada pela 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itabuna) e pela Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati/Sul).

exclamção leia também