29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Caso Sara Mariano - 23/11/2023, 20:03 - Leilane Teixeira e Bernado Rego/ Portal A Tarde- Atualizado em 23/11/2023, 21:21

Quarto suspeito da morte de Sara Mariano chega ao presídio em Salvador

O jovem recebeu R$ 500 para participar do crime segurando as mãos de Sara

O suspeito confessou a participação no crime e teve a prisão preventiva decretada
O suspeito confessou a participação no crime e teve a prisão preventiva decretada |  Foto: Reprodução/Redes sociais

Victor Gabriel Oliveira, quarto suspeito de participar do crime que resultou na morte da cantora evangélica Sara Mariano, foi transferido na tarde desta quinta-feira (22) para o Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador.

O grupo A TARDE apurou que o suspeito foi transferido para o Centro de Observação Penal (COP), localizado na entrada da Penitenciária Lemos Brito (PLB). Lá os custodiados ficam em observação por um período até que sejam remanejados para outros estabelecimentos.

Participação

Em seu depoimento prestado na última quinta-feira, (16), Victor detalhou que participou do crime segurando as mãos de Sara para que o bispo Zodaque a esfaqueasse. O jovem recebeu R$ 500 para fazer parte do plano, que segundo ele, foi encabeçado pelo marido da vítima, o pastor Ederlan Mariano. Já Gideão Duarte, foi responsável pelo transporte de Sara até o local da sua morte.

Agora, já são quatro pessoas presas suspeitas de participação. Ederlan, Gideão e Bispo Zodaque já estão no complexo Penitenciária da Mata Escura, em Salvador.

Relembre o caso

A pastora Sara Mariano foi vista pela última vez com vida na noite do dia 24 de outubro, ao deixar a casa da família. Na época, Ederlan Mariano chegou a registrar o boletim de ocorrência pelo desaparecimento da esposa, e afirmou que ela tinha saído com destino a eventos religiosos, mas alegou não saber quais.

Três dias após o desaparecimento, no dia 27 de outubro, o corpo dela foi encontrado carbonizado, em uma área de mata às margens da BA-093, na região de Dias D'Ávila, cidade da Região Metropolitana de Salvador.

O marido da cantora, Ederlan Santos Mariano, foi preso na madrugada do dia 28 de outubro, após confessar ter cometido o crime. O corpo de Sara Mariano foi sepultado no dia 30 de outubro, em Salvador, sob forte comoção de amigos e familiares.

exclamção leia também