29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Deu a sua versão - 26/11/2023, 11:01 - Da Redação- Atualizado em 26/11/2023, 11:34

Professor demitido após caso de assédio afirma ter transtorno bipolar

O professor contou que já apresentou a documentação médica para a universidade

Professor foi demitido da UFBA
Professor foi demitido da UFBA |  Foto: Reprodução/UFBA

Luiz Enrique Vieira de Souza, professor de sociologia demitido da Universidade Federal da Bahia (Ufba) depois de ser denunciado por assédio sexual, alegou que é portador de Transtorno Afetivo Bipolar, condição mental responsável por causar mudanças extremas de humor. O acusado afirmou ter tido "surtos no momento dos fatos relatados no processo". A entrevista foi dada ao g1.

O professor contou que já apresentou a documentação médica para a universidade. Porém, a diretoria da Faculdade e a Reitoria optaram pela demissão por causa de pressões políticas ligadas a movimentos

"Os fatos que eu realmente cometi, eu reconheci ao longo do processo. Eram coisas que eu não gostaria de ter dito, mas eu estava na pandemia, isolado, sem medicação, família, em uma condição muito fragilizada", contou o professor.

"Quando eu recobrava meu estado assintomático, eu era capaz de perceber que tinha cometido alguma coisa que não poderia ter feito e pedia desculpa. Eu disse para elas que suspeitava que estava doente, que alguma coisa acontecia comigo, mas enfim", afirmou Luiz Enrique Vieira de Souza.

exclamção leia também