27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Se deu mal - 28/12/2022, 15:48 - Pedro Moraes- Atualizado em 28/12/2022, 16:53

Polícia prende suspeito de tentar matar parentes com golpes de marreta

Tanto a ex-esposa quando a filha sofreram lesões consideradas graves

Tanto a ex-esposa quando a filha sofreram lesões consideradas graves
Tanto a ex-esposa quando a filha sofreram lesões consideradas graves |  Foto: Divulgação/Polícia Civil

Por causa da suspeita de tentar matar a ex-esposa e a filha, de 18 anos, um homem foi preso nesta quarta-feira, 28, no município de Mairi, no norte da Bahia. Na ação criminosa, ele utilizou uma marreta para aplicar golpes. De acordo com informações da Polícia Civil, a mulher possui uma medida protetiva, que foi descumprida por ele.

Apesar da prisão acontecer nesta quarta, o fato ocorreu na madrugada desta terça-feira, quando o homem invadiu a casa da mulher e disparou marretadas na cabeça dela, de acordo com informações da corporação. No mais, o órgão acrescentou que a filha do casal também apresentou ferimentos devido a ação.

Titular da delegacia territorial de Mairi, o delegado Paulo Victor Muniz Ferreira Magalhães, comunicou que o outro filho do casal retirou a marreta da mão do pai após uma briga. As duas vítimas foram encaminhadas com ferimentos graves para o Hospital Municipal. Em contrapartida, não há detalhes sobre o estado de saúde das vítimas.

Leia Mais

Corpo de travesti é assassinado em divisa de bairros periféricos

Morre um dos jovens baleados durante ação da PM em Salvador

ASSISTA: Homens fingem ser clientes, mas 'passam o rodo' em farmácia

Após o crime, o suspeito se escondeu dentro de um matagal, mas, em seguida, se apresentou na Delegacia Territorial (DT) de Mairi. Em depoimento, ele citou que cometeu o crime por discordar do fim do relacionamento. Por fim, ele foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde realizou exames de corpo de delito e está preso disponível para a Justiça.

exclamção leia também