28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

Cheios de Manias - 22/11/2023, 13:42 - Erem Carla e João Grassi

Polícia detalha rotina de traficas do laboratório milionário de drogas

Suspeitos seguem um rito de utilização de veículos adulterados para despistar as investigações

A investigação acerca dos veículos com sinais de identificação adulterados foi crucial para a ação do Deic.
A investigação acerca dos veículos com sinais de identificação adulterados foi crucial para a ação do Deic. |  Foto: Foto: João Grassi / Portal Massa

O delegado Leandro Acássio explicou na manhã desta quarta-feira (22), em entrevista coletiva, como funcionou a investigação do Departamento Especializado em Investigações Criminais (Deic) na desarticulação de um laboratório de entorpecentes em uma casa de veraneio em Ipitanga.

De acordo com Acássio, a investigação acerca dos veículos com sinais de identificação adulterados foi crucial para a ação do Deic.

“Iniciamos a investigação acerca desses veículos com sinais de identificação adulterados. A partir do acompanhamento que a gente fez, a gente identificou diversos locais onde esses veículos frequentavam e que eram locais onde a gente poderia encontrar material ilícito. No dia de ontem, acabou desencadeando essa abordagem que culminou com a prisão dele com todo esse material”, conta Acássio.

Cada saco da droga custava em torno de R$4 mil
Cada saco da droga custava em torno de R$4 mil | Foto: Foto: João Grassi / Portal Massa

O delegado também informou que o Departamento possui uma determinação da Secretaria de Segurança Pública (SSP), para intensificar as ações de combate a furtos e roubos de veículos na capital e Região Metropolitana.

“É importante frisar que o veículo acaba sendo o meio utilizado para prática de diversos outros crimes, entre eles transporte e distribuição de drogas. A partir do acompanhamento que a gente vem fazendo dessa quadrilha, a gente tem conseguido arrecadar e apreender materiais como esse aqui. Mais de duas toneladas de drogas e três laboratórios em 30 dias”, disse, se referindo também à apreensão feita no mês de outubro.

Segundo o investigador, os suspeitos seguem um rito de utilização dos veículos para despistar as investigações.

“Eles não utilizam o veículo por mais de 30 dias. Esse veículo, por exemplo, estava com eles há 15 dias. Geralmente, após esse período eles já descartam, pegam outro veículo, clonam, adulteram e passam a praticar essas ações”.

Na casa de veraneio, os agentes encontraram pacotes de maconha, tambores com porções de um pó branco igual à cocaína, cerca de mil munições dos calibres de fuzil 556, ponto 40, 9mm e 380, além da quantia de R$ 3 mil em dinheiro, duas balanças de precisão, maquinário e insumos para a produção e refino dos entorpecentes.

Na casa de veraneio, os agentes encontraram pacotes de maconha e tambores com porções de um pó branco igual à cocaína
Na casa de veraneio, os agentes encontraram pacotes de maconha e tambores com porções de um pó branco igual à cocaína | Foto: Foto: João Grassi / Portal Massa

Em Lauro de Freitas, as autoridades apreenderam dezenas de tabletes de maconha, além de réplicas de fuzil e pistola, dentro de um apartamento de luxo. Ainda nas ocorrências desta terça (21), uma dupla de criminosos, suspeita de roubo de veículos e tráfico de drogas, foi descoberta e levada em cana por equipes do DEIC. Os suspeitos não ofereceram resistência no momento da abordagem.

Imagem ilustrativa da imagem Polícia detalha rotina de traficas do laboratório milionário de drogas
Foto: Foto: João Grassi / Portal Massa

exclamção leia também