25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

QUE LOUCURA - 05/07/2023, 18:15 - Da Redação- Atualizado em 05/07/2023, 19:05

Mulher vai em ‘cana’ por queimar filha e namorado na Suburbana

O crime aconteceu após uma briga entre o casal, que resultou nos ferimentos também de um bebê

O crime aconteceu após uma briga entre o casal, que resultou nos ferimentos também de um bebê
O crime aconteceu após uma briga entre o casal, que resultou nos ferimentos também de um bebê |  Foto: Reprodução/Redes Sociais//Divulgação/Polícia Civil

A polícia prendeu em flagrante uma mulher, que não teve a identidade revelada, nesta terça terça-feira (4), por suspeita de queimar a própria filha, de dois meses de idade, e o namorado, com o uso de água fervente. O caso foi registrado no bairro de Paripe, situado na Avenida Suburbana, em Salvador.

O casal teria tido uma briga e, em um dos momentos de fúria, a mulher arremessou água fervente contra o homem. Ele segurava no colo a criança, fruto da relação dos dois. A mãe da suspeita encaminhou a menina para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região, de acordo com informações são da Polícia Militar da Bahia (PM-BA).

Posteriormente, ela foi levada para o Hospital Geral do Estado, que possui uma unidade especializada para atender queimados. Conforme a PC-BA, a menina sofreu queimaduras de segundo grau, sobretudo nas costas, e o quadro de saúde dela é delicado. Contudo, a vítima, de dois meses de idade, está estável.

Leia Mais

São João: confira dicas de cuidados com fogos de artifício e fogueiras

Corpo de Bombeiros resgata 24 "tombados" pelo álcool no Parque

Mulher tem corpo queimado após ser assassinada no Ogunjá

Já o homem teve ferimentos leves e foi liberado após receber atendimento médico. As vítimas também não tiveram as identidades divulgadas. O namorado da suspeita mencionou que ela tem três filhos, porém, apenas a bebê é filha dele.

A mulher foi encaminhada à Delegacia de Repressão aos Crimes Contra Criança e o Adolescente (DERCCA) e está presa, disponível para a Justiça. “As motivações do ocorrido deverão ser apuradas pela polícia judiciária”, cita a Polícia Militar da Bahia (PM-BA) em contato com o Portal MASSA!.

exclamção leia também