27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

SEGURANÇA PÚBLICA - 06/07/2023, 14:22 - Da Redação

Mulher 'mete o pé' da cadeia após queimar filha e namorado

A bebê teve queimaduras de segundo grau e está internada no HGE

A bebê teve queimaduras de segundo grau e está internada no HGE
A bebê teve queimaduras de segundo grau e está internada no HGE |  Foto: Reprodução/Redes Sociais//Divulgação/Polícia Civil

Dois dias após ser presa em flagrante, uma mulher 'meteu o pé' da cadeia após passar por audiência de custódia nesta quinta-feira (6). A suspeita teria queimado com água fervente a própria filha, de dois meses de idade, além do namorado, no bairro de Paripe, em Salvador. Anteriormente, ela teve a prisão convertida em liberdade provisória com restrições.

Apesar da liberdade, a mulher, que não teve a identidade divulgada, usará tornozeleira eletrônica e cumprirá questões referentes à saída de domicílio. O caso continua no radar da investigação da Polícia Civil da Bahia (PC-BA). A suspeita queimou os dois parentes em função de uma discussão com o companheiro.

Na ocasião, a menina foi levada pela avó à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paripe. Em seguida, o Hospital Geral do Estado (HGE), que tem unidade especializada para atender queimados, recebeu a vítima.

Leia Mais

Mulher vai em ‘cana’ por queimar filha e namorado na Suburbana

Pedreiro desaparecido é encontrado esquartejado em Canabrava

Assaltantes são presos depois de serem atropelados em Salvador

Ainda conforme a corporação, a menina sofreu queimaduras de segundo grau, sobretudo nas costas, e o quadro de saúde dela é delicado. Em contrapartida, o homem teve ferimentos leves e foi liberado após receber atendimento médico.

Defesa

A mulher é detentora de um histórico de síndrome do pânico e depressão pós-parto após o nascimento do segundo filho. Ela faz tratamento no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) há mais de dois anos. É o que consta no laudo médico dela, segundo a defesa.

Antes da briga, a mulher havia esquentado água para tomar banho, quando o namorado começou uma briga por ciúmes em relação a um ex. Posteriormente, ela teria sido agredida com vários murros na cabeça.

A água quente teria sido arremessada como ação de autodefesa. O homem, por sua vez, usou a filha como escudo. As informações são do g1.

Namorado

Conforme o namorado, que também foi atingido, a mulher fez ameaças com o uso de uma faca. Segundo ele, a própria mãe tinha ciúmes da filha, por isso arremessou água quente nos dois, ainda conforme a publicação.

exclamção leia também