26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

SEGURANÇA PÚBLICA - 04/09/2023, 14:57 - Da Redação

Motorista por app morto teve ‘aperto de mente’ ao ser encurralado

Antes de ser morto, o motorista por app fez uma viagem para o bairro de Saramandaia, em Salvador

Antes de ser morto, o motorista por app fez uma viagem para o bairro de Saramandaia, em Salvador
Antes de ser morto, o motorista por app fez uma viagem para o bairro de Saramandaia, em Salvador |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

O corre diário de Demeval da Silva Oliveira Sobrinho era certo para levar o pão de cada dia para casa. Porém, no último sábado (2), o motorista por aplicativo passou por uma situação de tremendo ‘aperto de mente’, o que configurou a última corrida dele em vida. Aos 59 anos de idade, Val Careca, como é conhecido popularmente, morreu executado a tiros, no bairro de Saramandaia, situado na cidade de Salvador.

Na corrida final da vida, Demeval deixava passageiros em uma festa na localidade, quando avistou os bandidos, próximos a Praça Euclides da Cunha. Uma das suspeitas investigadas é que ele teria avançado com o veículo ao ficar assustado com os ‘olheiros’ do tráfico de drogas, que, no revide, abriram fogo.

A vítima atuava na modalidade conhecida pela categoria como “PF”, ou melhor, “por fora”, o que significa que a viagem é acertada diretamente com o cliente, sem a ligação de uma plataforma de transporte. O sepultamento de Val Careca aconteceu nesta segunda-feira (4), no Cemitério Bosque da Paz.


Leia Mais

Homem morto dentro de carro em Salvador é identificado

Três homens são presos pelo assassinato de Bernadete Pacífico

Homem mantém família refém no Alto das Pombas após confronto com a PM

Um atrás do outro

Demeval foi o sexto condutor por app morto durante a correria, em 2023, segundo levantamento da Cooperativa Mista de Motorista e Mototaxistas por Aplicativo do Estado da Bahia (Coopmmap). Ainda assim, outros 230 trabalhadores foram vítimas de assalto. No último dia 29, Cleyton Pereira Santos, de 30 anos, foi vítima de um latrocínio no bairro do IAPI, também na capital baiana.

exclamção leia também