29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / segurança pública

CPF CANCELADO - 04/04/2023, 17:26 - Pedro Moraes- Atualizado em 04/04/2023, 17:47

‘Menino bom’ bate as botas após pipoco com policiais durante operação

A troca de tiros aconteceu no bairro de Periperi, nesta terça-feira (4)

A troca de tiros aconteceu no bairro de Periperi, nesta terça-feira (4)
A troca de tiros aconteceu no bairro de Periperi, nesta terça-feira (4) |  Foto: Divulgação/SSP-BA

A segunda fase da operação chamada “Terra Protegida” resultou na morte de um homem. A mobilização aconteceu nas primeiras horas desta terça-feira (4), por parte da Polícia Federal (PF). Vários pontos distintos da cidade de Salvador sediaram a ação.

Acima de tudo, a proposta da operação é identificar membros de uma organização criminosa responsável por um ataque a uma agência da Caixa Econômica Federal na cidade de Terra Nova, distante a aproximadamente 75 quilômetros da capital baiana.

Informações divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) dão conta que o meliante, que não teve a identidade divulgada, morto no bairro de Periperi, situado na Avenida Suburbana, possuía um mandado de prisão pelo crime de tráfico de drogas.

Na oportunidade, ele foi ferido, recebeu os primeiros socorros e foi encaminhado ao Hospital do Subúrbio, porém não resistiu. Junto ao investigado, foram encontrados explosivos, um revólver calibre 38, além de outros materiais usados nos crimes contra instituições financeiras.

Na operação, agentes de equipes da Polícia Civil (PC) e de 35 policiais da Companhia de Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) do Batalhão de Polícia de Choque (BPCHoq) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar (PM) fizeram o apoio administrativo.

Leia Mais

Polícia recupera lote de papel furtado e avaliado em R$ 15 mil
Comandante-geral da PM detona Bolsonaro e diz confiar em Lula
Polícia Federal deflagra a 'Operação Nobreak' na Bahia e Pernambuco

Repartidas, as equipes prosseguiram para os bairros de São Cristóvão e Tancredo Neves, onde fizeram o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão. Batizada de "Terra Protegida", a operação executou dois mandados de prisão e dois mandados de busca e apreensão.

À época, o crime foi interrompido por policiais federais e militares, que contraíram informações sobre o ataque e organizaram uma operação conjunta. Três homens, suspeitos de atuarem no crime, foram a óbito em confronto com policiais militares, no mesmo dia.

De acordo com a Polícia Federal, no decorrer das investigações, foram identificadas outras pessoas que seriam componentes da mesma organização criminosa. Apesar de não ter revelado quem são os investigados, a PF garantiu que eles respondem por furto qualificado com uso de explosivo e por integrar a organização criminosa.

exclamção leia também